É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

sábado, 11 de dezembro de 2010

Lago de fogo para os inimigos do mashiach e do Povo de D'US?

Direto e simples: a crença no lago de fogo (eterno) é exclusivamente neotestamentária jesuânica/yeshuânica e, portanto, excluída (inexistente) da bíblia judaica ou Tanach e do Judaísmo.

Uma explanação deste tema se encontra no tópico:

Arrebatamento para o Povo de D'US?

Direto e simples: a crença no arrebatamento é exclusivamente neotestamentária jesuânica/yeshuânica e, portanto, excluída (inexistente) da bíblia judaica ou Tanach e do Judaísmo.

Sendo a bíblia judaica, judaica, o Povo de D'US só pode ser os judeus, e não se diz em nenhum lugar dela que eles serão arrebatados, que na vinda do mashiach eles irão para o céu. Diz sim que eles serão ajuntados em um lugar, mas não no céu, e sim na Terra de Israel.

Uma explanação deste tema se encontra no tópico:

O mashiach sem céu nem inferno

O mashiach não vem para levar alguém para algum céu ou para enviar alguém para algum inferno. Em Nenhum lugar da bíblia judaica ou Tanach a vinda do mashiach está associada a um céu e/ou a um inferno. Esta é uma perspectiva neotestamentária e, portanto, jesuânica/yeshuânica, Inexistente na bíblia judaica ou Tanach e no judaísmo. É Inadmissível na bíblia judaica ou Tanach as crenças no arrebatamento e no lago de fogo (eterno). Veja os tópicos:



O que acontecerá ao Povo de D’US na vinda do mashiach? E o que acontecerá aos inimigos do Povo de D’US na vinda do mashiach?
Na vinda do mashiach, para o Povo de D’US nada de (suposto) céu, e para os inimigos do Povo de D’US nada de (suposto) inferno.
O propósito da vinda do mashiach é ser Rei, é estabelecer um reino, é reinar sobre todo o Povo de D’US em conjunto na Terra de Israel (o que Nunca foi realizado por Jesus).

“Aproximam-se os dias – diz [ADONAI*] – quando escolherei, dentre os rebentos de David, um justo que os governará como rei, que prosperará e saberá praticar justiça e retidão na terra. Em seus dias Judá será redimida e Israel viverá em segurança, e o nome pelo qual será chamado significará ‘[ADONAI*] é nossa retidão.”
Irmiáhu (Jeremias) 23:5, 6

“E o Meu servo [mashiach descendente de] David será rei sobre todos eles [Judá e Israel],... e habitarão na terra que dei ao Meu servo Jacob,... e Meu servo [mashiach, descendente de] David será seu príncipe para sempre.”
Iechezkel (Ezequiel) 37:24, 25

“Ele [mashiach] construirá o Templo de [ADONAI*], estará coberto de glória e sentará como governante em seu trono”.
“Eis que para ti [filhas de Tsión e Jerusalém] se encaminha teu justo rei, triunfante por suas vitórias, mas ao mesmo tempo comportando-se com humildade”.
Zechariá (Zacarias) 6:13; 9:9

“[Deus] dirá: ‘Eu ungi o Meu rei [mashiach], sobre Tsión, Meu santo Monte.’”
“A teus pés [os do mashiach] se submeterão muitos povos. Teu trono, estabelecido por Deus, é eterno, e retidão é o cetro da tua realiza.”
Tehilim (Salmos) 2:6; 45:7

Na vinda (única) do Rei judeu mashiach, todo o Povo de D’US, os judeus, serão ajuntados na Terra de Israel.

“Naqueles dias, as Casas de Judá e Israel caminharão juntas e sairão das terras do norte e virão à terra que dei por herança a seus pais.”
Irmiáhu (Jeremias) 3:18

“Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Hei de salvar Meu povo do país do oriente e do país do ocidente! E Eu os trarei para que vivam em Jerusalém; serão Meu povo e Eu serei seu Deus, em verdade e justiça.”
Zechariá (Zacarias) 8:7, 8

“Portanto, diz-lhes: Assim disse [ADONAI*] Deus: Hei de recolher-vos de todos os povos e de todos os países por onde fostes dispersos, e vos tornarei a dar a terra de Israel.”
“Assim disse [ADONAI*] Deus: Quando tiver recolhido a Casa de Israel dentre os povos onde estão dispersos, e os tiver santificado à vista das nações, habitarão em sua própria terra que foi dada por Mim a Meu servo Jacob.”
“Porque assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que Eu mesmo buscarei Minhas ovelhas e as reunirei. E as recolherei dentre os povos de sua dispersão, as trarei dos países para onde foram, voltarei a reuni-las em sua própria terra e... saberão que Eu, [ADONAI*], seu Deus, estou em seu meio, e que eles, a Casa de Israel, são o Meu povo – diz [ADONAI*] Deus.”
Iechezkel (Ezequiel) 11:17; 28:25; 34:11, 13, 30

Eles (os judeus, sob o Reino do mashiach,) se empenharão no Conhecimento e Devoção Unificados de D’US, o que resultará em verdadeira e definitiva paz eterna.

“Assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que tomarei os filhos de Israel dentre as nações para onde foram, e os reunirei de todas as partes e os trarei de volta à sua própria terra; e farei deles [dos filhos de Israel e dos filhos de Judá] uma nação..., e um só rei [o mashiach] terão, e não serão mais duas nações, nem estarão mais divididos em dois reinos, nem contaminarão mais a si mesmos com seus ídolos, nem com a suas abominações, nem com quaisquer de suas transgressões; em vez disso, Eu os retirarei de todas as moradas onde pecaram e os purificarei... E farei com eles uma aliança de paz, e ela será uma aliança eterna com eles”.
→ Iechezkel (Ezequiel) 37:21-26

Portanto, a meta do Verdadeiro Povo de D’US não é (nunca foi e nunca será) o céu, mas a Terra de Israel.

“Virão a ti [Jerusalém], inclinando-se, os filhos dos que te oprimiram, e prostrar-se-ão ante as plantas dos teus pés todos os que te desprezaram; chamar-te-ão ‘A Cidade de [ADONAI*]’, Tsión do Santíssimo de Israel.”
Ieshaiáhu (Isaías) 60:14

“Canta, ó filha de Tsión! Clama, ó Israel! Alegra-te e regozija-te com todo teu coração, ó filha de Jerusalém! [ADONAI*] removeu tuas culpas e afastou [para sempre] teu inimigo. O Rei de Israel, [ADONAI*], está no meio de ti; não temerás mais o mal! Naquele dia se dirá a Jerusalém: ‘Não temas, ó Tsión, nem te desesperes! [ADONAI*], teu Deus, está no meio de ti! O Todo-Poderoso trará a salvação! Ele se rejubilará com tua alegria, manterá silêncio (quanto aos pecados de teu passado) em Seu amor e Se regozijará contigo em canções de alegria!’ Nessa ocasião vos recolherei de onde estiverdes e vos trarei de volta, e farei com que sejais motivo de louvor e de renome entre todos os povos da terra, porque vos farei regressar de vosso cativeiro ante os olhos de todos – diz [ADONAI*].”
Tsefaniá (Sofonias) 3:14-17, 20

“Assim sabereis que Eu sou [ADONAI*], vosso Deus, que habita Tsión, Meu santo Monte! E Jerusalém será uma cidade santa, pela qual não perambularão estranhos. Judá será para sempre habitada, e Jerusalém, por todas as gerações.”
Ioêl (Joel) 4:17, 20

A Terra de Israel será a Sede do Conhecimento e Devoção de Hashem na Terra. Ela se tornará a Capital Espiritual do mundo, de onde emanará o Conhecimento Verdadeiro e a Devoção Correta de D’US. É por meio destes que o mundo inteiro alcançará finalmente a paz absoluta e definitiva para sempre.

“A palavra de [ADONAI*] dos Exércitos veio [a Zechariá], dizendo: Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Grande é Meu zelo por Tsión, e por ela incendeia Minha fúria. Assim disse [ADONAI*]: Retornarei a Tsión e habitarei no meio de Jerusalém; e Jerusalém será chamada de ‘Cidade da Verdade’, e a montanha de [ADONAI*] dos Exércitos, ‘Monte Sagrado’. Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Há de ocorrer ainda, que povos e moradores de muitas cidades virão, falando uns aos outros e dizendo: ‘Apressemos-nos para ir implorar perante [ADONAI*] e buscar [ADONAI*] dos Exércitos! Eu também irei!’ Sim, muitos povos e nações poderosas virão para buscar [ADONAI*] dos Exércitos em Jerusalém e para implorar perante [ADONAI*]! Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Naqueles dias, 10 homens de diferentes línguas e de todas as nações segurarão a orla das vestes de um judeu, dizendo: ‘Iremos contigo, porque sabemos que Deus está contigo!’”
“Eis que para ti [filha de Tsión e filha de Jerusalém] se encaminha teu justo rei [mashiach... . Eu, Deus,] destruirei qualquer carruagem de guerra... e eliminarei todo cavalo de combate de Jerusalém; será destruído o arco de batalha, e ele [mashiach] falará somente de paz às nações. Seu domínio se estenderá de um mar a outro, e desde o rio (Eufrates) até os confins da terra.”
Zechariá (Zacarias) 8:1-3, 20-23; 9:9, 10

“Palavras proféticas pronunciadas por Isaías ben Amóts, a respeito de Judá e Jerusalém. E ocorrerá no fim dos dias, que [ao] Monte da Casa de [ADONAI*]... afluirão todas as nações. A ele irão muitos povos e dirão: ‘Vinde e ascenderemos à montanha de [ADONAI*], à Casa do Deus de Jacob! Ele nos ensinará Seus caminhos [através do mashiach] e por eles seguiremos, pois de Tsión virá o ensinamento da Torá e de Jerusalém a palavra de [ADONAI*]!’ Ele orientará as causas entre as nações e estabelecerá Suas decisões entre muitos povos. Converterão então suas espadas em arados e suas lanças em foices. E cada nação não levantará contra outra sua espada, e não mais aprenderão a arte da guerra.”
“Um rebento [o mashiach] sairá do tronco de Ishai [Jessé] e um ramo de suas raízes brotará. E sobre ele pousará o espírito de [ADONAI*], espírito de sabedoria e de compreensão, de capacidade de aconselhamento e de fortaleza, de conhecimento e de temor a [ADONAI*]. Não causarão dano e nada destruirão em Meu santo Monte, porque a terra estará repleta do conhecimento de [ADONAI*], como as águas cobrem o mar.”
Ieshaiáhu (Isaías) 2:1-4; 11:1, 2, 9

“Será, então, que chamarão Jerusalém de trono de [ADONAI*], e a ela virão todas as nações para se unirem ao nome de [ADONAI*], em Jerusalém; e não mais se deixarão dominar pela teimosia de seus corações perversos.”
Irmiáhu (Jeremias) 3:17

E será também através do Conhecimento e Devoção de Hashem, enquanto estiver preenchendo toda a Terra, que o pecado estará sendo reduzido, até desaparecer por completo (se o mashiach tivesse que morrer, sua morte não acabaria com o pecado, pois é exatamente estando vivo, que ele conduzirá a Humanidade ao Conhecimento e Devoção de D’US).

“Assim disse [ADONAI*] que tudo faz acontecer; [ADONAI*] que tudo cria e determina - [ADONAI*] é o Seu Nome. Eis que lhe trarei cura e recuperação, hei de curar seus habitantes e revelar-lhes a abundância da paz e a serenidade da verdade. Farei retornar os [dispersos] de Judá e de Israel, e os restaurarei como no passado. Hei de purificá-los de toda a iniquidade que praticaram, pecando contra Mim, e os perdoarei por seus pecados e por suas transgressões contra Mim. E isto será para Mim um renome que significará regozijo, louvor e glória, e assim será também para todas as nações da terra que tomarem conhecimento de todo o bem que lhes fiz, e estremecerão ante a dimensão deste bem e da paz que lhe (a Jerusalém) proporcionarei. Aproximam-se os dias [da vinda de mashiach] – diz [ADONAI*] – em que tornarei realidade a boa palavra que pronunciei em relação à Casa de Israel e à Casa de Judá. Naqueles dias, nesta época, farei com que da semente de David brote um rebento pleno de retidão, que saberá praticar justiça e retidão nesta terra. Naqueles dias, Judá será redimida e Jerusalém viverá em segurança, e o nome pelo qual ela (Jerusalém) será chamada significará ‘[ADONAI*] é nossa retidão’.”
Irmiáhu (Jeremias) 33:2, 6-9, 14-16

“[Na vinda do mashiach, Eu, Deus,] vos [à Casa de Israel] buscarei dentre todas as nações, vos recolherei de todos os países e vos trarei à vossa terra. Então aspergirei sobre vós água limpa, e sereis purificados de todas as vossas impurezas, e de todas as vossas impurezas e idolatrias Eu vos purificarei. ... Porei em vós o Meu espírito, e farei com que saibais seguir Meus estatutos e cumprir Meus juízos. Vivereis na terra que dei a vossos pais;... Sereis purgados de todas as vossas contaminações”.
Iechezkel (Ezequiel) 36:24-29

Na Era Messiânica não haverá mais o mal. A maldade terá desaparecido para sempre. Todos aprenderão e praticarão somente o bem. Não existirá mais o iníquo.

“Até os confins da terra ecoa o ruído [divino], porque [ADONAI*] tem uma controvérsia com todas as nações e um julgamento contra toda a carne; quanto aos ímpios, já os entregou à espada – diz [ADONAI*]. Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: O mal irá de uma nação para outra, e uma grande tormenta se desencadeará dos mais remotos confins da terra. E os que forem abatidos por [ADONAI*] se estenderão neste dia de um extremo a outro da terra; não serão lamentados, nem reunidos, nem sepultados; serão como esterco sobre a face da terra.”
“Eis que estou contra ti, ó iníquo – diz [ADONAI*], o Deus dos Exércitos – pois chegou teu dia, o tempo da tua punição. Os iníquos cambalearão e cairão, e não haverá quem os erga; atearei fogo em suas cidades e ele consumirá todos à sua volta.”
Iechezkel (Ezequiel) 25:31-33; 50:31, 32

“Nações se encaminharão para a tua luz [de Jerusalém], e os reis para o brilho do teu resplendor. Pois a nação e o reino que não te servirem perecerão; estas nações serão de todo arruinadas.”
Ieshaiáhu (Isaías) 60:3, 12; cf. 34:1-3, 8

“[ADONAI*] julgará os povos;... Faz chegar ao fim o mal dos ímpios, e dá firmeza ao justo, Tu que perscrutas as emoções e pensamentos de cada um, ó Deus justo. O perverso concebe iniquidade, fecunda maldade e gera falsidade; sobre sua própria cabeça recairá sua iniquidade, e sobre seu crânio sua violência.”
Tehilim (Salmos) 7:9, 10, 15, 17

“Destruíste povos malévolos e condenaste os ímpios; seus nomes apagaste para todo o sempre. Exterminado foi o inimigo, só ruínas restaram; as cidades destruíste e toda sua lembrança pereceu. Ele [Deus] julgará o mundo com retidão, sentenciará os povos com equidade. Caíram os povos no fosso que fizeram; na rede que estenderam, seu próprio pé ficou preso. [ADONAI*] tornou-Se conhecido, Ele executou a sentença; através de suas próprias mãos, o perverso foi golpeado. Refleti sobre isso. Os ímpios voltarão ao abismo, assim como todos os povos que de [ADONAI*] se olvidam. Levanta-Te, [ADONAI*], para que não prevaleça o malévolo; e sejam por Ti julgados todos os povos.”
→ 9:6, 7, 9, 16-18, 20

“[ADONAI*] reina e reinará para todo o sempre, enquanto exterminados foram os povos que contra Ele se rebelaram.”
→ 10:16

“Tua mão [de Deus] descerá sobre todos os Teus adversários; sim, Tua destra todos eles alcançará. Tu os tornas brasas de uma fornalha incandescente com Tua ira; Tu os destróis, consumidos pelas chamas. Apagas seus descendentes de sobre a terra, sua memória do convívio dos homens.”
→ 21:9-11

“Não me associes aos malévolos e aos iníquos, que... têm maldade no coração. Responde-lhes conforme seus atos e de acordo com a maldade das suas atitudes; retribuí na medida de suas ações, e fá-los receber o que merecem. ... [ADONAI*]... os destruirá e não mais se reerguerão.”
→ 28:3-5

“Saiba que os perversos serão abatidos, mas os que esperam em [ADONAI*], eles herdarão a terra. ... não haverá mais ímpios... Os humildes herdarão a terra e deleitar-se-ão com a paz completa. Os ímpios perecerão e os inimigos de [ADONAI*] murcharão como a relva passageira, e se esvanecerão como a fumaça. Os Seus abençoados herdarão a terra, e os que Ele amaldiçoar perecerão. Os justos herdarão a terra e habitarão para sempre. Os transgressores, porém, serão todos aniquilados e o seu futuro não existirá.”
→ 37:9-11, 20, 22, 29, 38

“Preferiste o mal ao bem, a mentira à verdade. Por isto Deus te destruirá para sempre, te arrancará de tua tenda e te desarraigará da terra onde vives. Os justos assistirão e os temerosos a Deus dirão: ‘Eis o homem que... se fortalece na sua maldade.’”
→ 52:5-9

“Mesmo que [agora] brotem como erva os iníquos e floresçam os malévolos, eles serão, para sempre, destruídos. Teus inimigos, ó [ADONAI*], perecerão,... todos os que praticam iniquidades.”
→ 92:8, 10

“Quanto aos pecadores, eles desaparecerão da terra e não mais existirão iníquos.”
→ 104:35

“[Deus...] certamente destruirá os malévolos.”
→ 145:20

Quanto a questão da Ressurreição, se para o Povo de D’US a vinda do mashiach não está conectada com nenhuma ida para o céu, isso só pode significar que o retorno à vida se dará aqui mesmo na Terra (mesmo os ressuscitados judeus serão todos reunidos na Terra de Israel, junto aos que já estavam vivos: “Assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que abrirei os vossos sepulcros e vos tirarei de vossos sepulcros, ó povo Meu, e vos trarei à terra de Israel! E sabereis que Eu sou [ADONAI*] quando tiver aberto as vossas tumbas e vos tiver feito sair dos vossos sepulcros, ó povo Meu! Porei em vós o Meu espírito e vivereis, e vos porei na vossa própria terra; e sabereis que Eu, [ADONAI*], assim determinei e farei cumprir! – diz [ADONAI*].” – Iechezkel (Ezequiel) 37:12-14. Certamente que no céu não existe "sepulcro" e nem “terra de Israel”).
A morte existe aqui na Terra e só pode ser aqui na Terra que ela será destruída, e do mesmo modo, os mortos só existem aqui na Terra e só pode ser aqui na Terra que serão ressuscitados (Ieshaiáhu [Isaías] 25:8; 26:19). Veja o tópico:


Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Anjos diabólicos não existem, segundo o tanach

Engana-se quem pensa que o “diabo” (“anjo rebelde”, “anjo decaído”) tem a sua origem no Judaísmo e na bíblia judaica ou Tanach. O “diabo” teve a sua origem no zoroastrismo (na Pérsia, como Arimã), que influenciou (Não o Judaísmo, mas) o essenismo e o gnosticismo, fontes dos jesusismos (que na sua forma ebionita ainda originou o maometismo).

“‘Os hebreus primitivos [escritores do Tanach] não tinham necessidade de corporificar uma entidade maligna’, afirma Carlos Roberto Figueiredo Nogueira, doutor em História Medieval pela Universidade de São Paulo (USP), no livro O Diabo no Imaginário Cristão.” Porque, D’US, explica a revista Superinteressante, “distribuía com exclusividade tanto o bem quanto o mal.” (Edição 174; março de 2002; “Satã vive”.) Sim, a Palavra de D’US, a bíblia judaica ou Tanach, (com o Judaísmo e o Noarridismo) não reconhece Nenhuma outra Força Criativa Sobrenatural (Divina) que não seja D’US Mesmo, quer dizer, não existe Poder Sobrenatural (Divino) de Criação que seja independente (autônomo, distinto) de D’US, como está escrito:

“Eu formo a luz e crio a escuridão; Eu faço a paz e sou Eu quem cria o mal; Eu sou [ADONAI*] que tudo faz” (Ieshaiáhu [Isaías] 45:7). “Vede, agora, pelo castigo, que Eu rebaixo e Eu exalto, e que não há outro deus Comigo; Eu faço morrer e faço viver; Eu firo e Eu saro, e não há quem possa livrar da Minha mão os que pecam contra Mim” (Devarim [Deuteronômio] 32:39). “[ADONAI*] é que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela. [ADONAI*] empobrece e enriquece; abaixa e também eleva” (Shemuel Alef [1 Samuel] 2:6 e 7).

Conforme a Palavra de D’US, a bíblia judaica ou Tanach, os anjos não foram criados com livre-arbítrio, e, portanto, são naturalmente incapazes de se rebelarem contra o CRIADOR:

“Bendizei [ADONAI*], ó vós que sois Seus anjos, valorosas criaturas que ouvem e cumprem Sua palavra. Bendizei [ADONAI*], ó vós que sois Suas hostes, Seus servos, cumpridores de Sua vontade.”
“Uma torrente de fogo corria à sua frente [de D’US]; milhares de milhares o serviam, e dez vezes mais servidores se postavam à sua frente.”
Tehilim (Salmos) 103:20 e 21; Daniel 7:10

É verdade que existem traduções da bíblia judaica ou Tanach em outros idiomas que utilizam a palavra “demônio” (essa palavra é de origem grega, ela não existe no idioma hebraico) em alguns versículos, como é o caso da tradução portuguesa de Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, da Editora & Livraria Sêfer, que a utiliza (por exemplo) em Vaicrá (Levítico)17:7, Devarim (Deuteronômio) 32:15 ao 21, e Tehilim (Salmos) 106:34 ao 39. Mas como o próprio contexto deixa claro, essa palavra (demônios) é utilizada como sinônimo de ‘deuses falsos’. Naturalmente que para o jesusismo, deve-se entender ‘deuses falsos’ como sendo o próprio “diabo”, pois se prega que “ele” deseja ser adorado no lugar de "Deus" (ou seja, quem não adora a "Deus" está, consciente ou não, adorando ao “diabo”). Mas não é assim na bíblia judaica ou Tanach. Nela não existe um único versículo que revela que qualquer um dos anjos tem a vontade de ser devotado pelos humanos da mesma maneira que D’US. Antes, nela (na bíblia judaica ou Tanach) ‘deuses falsos’ tem o significado é de ‘deuses imaginários’, ‘deuses lendários’, ‘deuses fictícios’, como consta em Irmiáhu (Jeremias) 10:15: “são vãos, pura ilusão, e serão totalmente destruídos.” Certamente, nunca a bíblia judaica ou Tanach trata da idéia de um anjo qualquer ser destruído, mas somente de humanos: “Quanto aos pecadores, eles desaparecerão da terra e não mais existirão iníquos” (Tehilim [Salmos] 104:35). Vejamos o texto de Devarim (Deuteronômio) 32:15 ao 21: “E abandonou [Israel] a Deus, que o fez, e desprezou ao Forte da sua salvação. Com deuses estranhos O provocaram a zelos; com obras abomináveis O irritaram. Sacrificaram aos demônios, que não têm poder divino; aos deuses que não conheceram, novos deuses que apareceram há pouco... . Ignoraste o Forte que te gerou e esqueceste a Deus, que te fez sair do ventre materno. E [ADONAI*] viu e irritou-Se, porque Seus filhos e Suas filhas O provocaram. E disse: ... ‘Eles Me provocaram com um deus inexistente; provocaram a Minha ira com as suas adorações vãs’”. Como está claro no texto, os demônios bíblicos, ou seja, os deuses falsos, “não têm poder divino”, em outras palavras, eles não são anjos.
Não, nada disso existe na bíblia judaica ou Tanach, nem pecado de anjos, nem rebelião de anjos, nem guerra nos céus entre os anjos (supostos puros contra rebeldes), nem expulsão de anjos dos céus (daí o nome de ‘anjo decaído’), nem anjos atraídos pela beleza feminina, assim como também não existem (de jeito Nenhum) casos de possessões e consequentemente nem de exorcismos. Quanto a isso, até mesmo um jesusista admite: “Chama muito a atenção, que em todo o Antigo Testamento, sendo tão comprido e relacionado com tantos séculos, não há nenhum caso de ‘possessão demoníaca’... No Antigo Testamento não há nenhum.” − Oscar G. Quevedo S.J.
E até o crítico Helmut Mataré, em seu livro A Bíblia tão desconhecida, LEGNAR Informática & Editora, 2001, reconhece: “O Gênese [que é o livro da Criação] não fala com nenhuma palavra que Deus tivesse criado um diabo ou algum anjo que se tivesse insurgido contra Deus.” É verdade que a bíblia judaica ou Tanach menciona “satan” (como no livro de Jó), mas como reconhece o mesmo crítico: “este Satanás não é inimigo de Deus. Ele é, apenas,... um servidor de Deus.” (Página 12) Ademais, a verdade é que no Judaísmo há duas maneiras de se entender este “satan”: uma, literalmente, como um anjo mesmo (lógico que não havendo na bíblia judaica ou Tanach ‘anjos rebeldes’, só pode se tratar de um anjo servidor de D’US); ou, duas, alegoricamente, como um símbolo das adversidades da vida que os próprios devotos de D’US estão sujeitos a enfrentar neste mundo espiritualmente obscuro.
Histórias de anjo que peca, de anjo querendo ser adorado, de guerra angelical, de expulsão de anjo dos céus, e de possessões e exorcismos, fazem parte é do livro “sagrado” do jesusismo, o "novo testamento" (por exemplo, Apocalipse 12:7-9; Lucas 4:5-7; Marcos 16:17), não da Palavra de D’US que é a bíblia judaica ou Tanach. Assim, a Revista BBC História, Ano 1, Edição n°5, Editora Tríada, na página 75, apresenta uma “Ilustração de Gustave Doré” que “retrata Satã sendo expulso do Céu”, e afirma: “no Antigo Testamento, isso nunca aconteceu.” E acrescenta: Henry Ansgar Kelly, autor de Satã – Uma Biografia, Editora Globo, “expõe, por exemplo, a inexistência de qualquer referência no Velho Testamento à idéia de que a Serpente que ofereceu o Fruto do Conhecimento a Eva, no Jardim do Éden, fosse o Diabo; ou que Satã fosse um anjo caído que se rebelou contra Deus.”

Textos bíblicos de Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

Sobre Bereshit (Gênesis) 6, veja:

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

domingo, 7 de novembro de 2010

As crenças dos Filhos de Israel e Noé

Os 13 Princípios da Fé Judaica declaram os principais ensinamentos da Palavra de D’US, a bíblia judaica ou Tanach. Assim, as crenças dos Filhos de Noé devem ser essas mesmas crenças judaicas. Por isso, essa Confissão de Fé também é chamada de Os 13 Princípios da Fé Noarrida:

1. Creio plenamente em D’US, HASHEM. Creio que Somente HASHEM é O CRIADOR e O SUSTENTADOR do Universo. Creio que apenas HASHEM criou, cria e criará todas as coisas.
Ieshaiáhu (Isaías) 42:5; 44:24; 45:5, 7, 9, 10, 12 e 18; Tehilim (Salmos) 115:3; 135:6; Daniel 4:32 (35 nas traduções cristãs); Devarim (Deuteronômio) 32:39; Shemuel Alef (1 Samuel) 2:6 e 7

2. Creio plenamente que HASHEM é UM SÓ, ÚNICO, ÍMPAR, SINGULAR. Creio que HASHEM é O AQUILO INCOMPARÁVEL. Creio que Somente HASHEM é foi e será o nosso D’US.
Devarim (Deuteronômio) 6:1 ao 9 e 13 ao 15; Ieshaiáhu (Isaías) 46:9; Devarim (Deuteronômio) 4:35 e 39

3. Creio plenamente que HASHEM não tem corpo, forma, imagem, aparência, figura, gênero. "ELE" é Totalmente Imaterial. Creio que, na linguagem humana, HASHEM é, a bem dizer, Indescritível, Indefinível. HASHEM é O AQUILO INIMAGINÁVEL. Creio que HASHEM é Completamente Inigualável.
Devarim (Deuteronômio) 4:12, 15 a 18, 36; Irmiáhu (Jeremias) 10:6 e 10; Shemuel Bet (2 Samuel) 7:22; Divrê Haiamim Alef (1 Crônicas) 16:36

4. Creio plenamente que Somente HASHEM é o AQUILO INFINITO, sem começo e sem fim.
Tehilim (Salmos) 90:1 e 2; 102:25 e 28; Ieshaiáhu (Isaías) 44:6; 48:12; Chavacuc (Habacuque) 1:12; Ióv (Jó) 36:26

5. Creio plenamente que só se deve orar e rezar a HASHEM. Creio que não se deve orar e rezar a mais ninguém nem a mais nada. Creio que não se deve terminar a oração em nome de qualquer outro que não seja HASHEM, nem pelos méritos que não sejam DELE.
Tehilim (Salmos) 65:1 ao 3; 145:18; Mishlê (Provérbios) 15:29; Shemot (Êxodo) 20:2 e 3

6. Creio plenamente que todas as palavras dos profetas judeus são verdadeiras.
Amós 3:7; Iehoshúa (Josué) 23:2 e 14 ao 16

7. Creio plenamente que a profecia de Moisés é verdadeira. Creio que Moisés foi o maior de todos os profetas, dos anteriores e dos posteriores a ele.
Bamidbar (Números) 12:5 ao 8; Shemot (Êxodo) 19:9; 33:11; Devarim (Deuteronômio) 34:10

8. Creio plenamente que a Torá (Lei) que temos hoje é a mesma que foi dada por HASHEM a Moisés.
Shemot (Êxodo) 24:4; Devarim (Deuteronômio) 31:9

9. Creio plenamente que esta Torá não será modificada. Creio que nunca haverá outra Torá dada por HASHEM.
Devarim (Deuteronômio) 4:2; 12:32; 13:1; 29:28

10. Creio plenamente que HASHEM, e Somente "ELE", conhece todos os atos e pensamentos dos seres humanos. − Tehilim (Salmos) 33:15; Melachim Alef (1 Reis) 8:39; Irmiáhu (Jeremias) 17:10; Divrê Haiamim Alef (1 Crônicas) 28:9; Divrê Haiamim Bet (2 Crônicas) 6:30; Cohélet (Eclesiastes) 12:14

11. Creio plenamente que HASHEM recompensa aos que observam as Suas Leis e pune aos que as transgridem. − Tehilim (Salmos) 62:13; Irmiáhu (Jeremias) 32:17 ao 19

12. Creio que o mashiach (Rei judeu) até agora nunca veio, mas creio que o mashiach certamente ainda virá e, por mais que ele demore, esperarei todos os dias a sua chegada. Creio que o mashiach reunirá todos os judeus do mundo na Terra de Israel.
Irmiáhu (Jeremias) 33:14 ao 16; 23:5 e 6; Iechezkel (Ezequiel) 37:21, 22, 24 e 25; Zechariá (Zacarias) 9:9 e 10; Daniel 7:13 e 14

13. Creio plenamente que os mortos serão trazidos de volta à vida quando assim o desejar HASHEM.
Daniel 12:2 e 13

A essência do Judaísmo em 6 pontos

Em 1910, na Conferência Mundial para o Progresso Religioso, sobre o tema “A Importância do Judaísmo para o Progresso Religioso da Humanidade”, Hermann Cohen resumiu em seis pontos a essência e as características distintivas do Judaísmo:

“1. Característica especial do Judaísmo é não apenas a ênfase que coloca na unidade de D’us, mas acima de tudo a Sua unicidade; isto é, a Sua diferença absoluta de todas as criaturas. Consequentemente, a rejeição do panteísmo.

2. No judaísmo, o homem se defronta diretamente com D’us; ausência de intermediário, seja este sacerdote ou homem de D’us.

3. Uma relação indissolúvel existe, no Judaísmo, entre conhecimento e crença. O estudo é considerado dever sagrado. Em consequência, são desconhecidos no Judaísmo conflitos entre a fé e o conhecimento.

4. A importância do Sábado.

5. O Judaísmo coloca ênfase na liberdade e responsabilidade moral do indivíduo e rejeita o conceito do pecado original.

6. Conceito de que a história possui uma direção e um alvo: unidade Messiânica da Humanidade.”

Fé e Razão, introdução ao pensamento judaico moderno; Samuel H. Bergman; Editora B’nai B’rith; 1967; páginas 37 e 38.

8 evidências de que mashiach ainda não veio em 1 único capítulo

Em um único capítulo da bíblia judaica ou Tanach, encontramos 8 (oito) evidências de que o mashiach ainda não veio, pois são 8 acontecimentos que, obviamente, ainda não foram cumpridos. Este capítulo é o 37 de Iechezkel (Ezequiel), e as 8 evidências são:

1. A Ressurreição dos mortos (versículos 12 ao 14);

2. A Reunião de todos os judeus do mundo inteiro na Terra de Israel, e lá morarão eternamente (versículos 15 ao 22 e 25);

3. Purificação do Povo de D’US, fim do pecado (versículo 23);

4. Reino Eterno do mashiach, descendente do Rei David (versículos 22, 24 e 25);

5. Não é apenas o Reino estabelecido pelo mashiach que é eterno, mas o próprio mashiach não morrerá, como está escrito: “será seu [do povo judeu] príncipe para sempre” (versículo 25);

6. O Povo judeu não mais transgredirá as Leis de D’US (versículos 23, 24 e 27);

7. Aliança Divina Eterna de paz total (versículo 26);

8. A reconstrução do Templo, Templo existirá para sempre (versículos 26 e 28).

Como qualquer pessoa pode bem constatar, NUNCA houve na História (nem no 1º século da nossa era, nem em 1914, nem em nenhuma outra data, qualquer que seja), um Rei judeu na Terra de Israel chamado Jesus ou Yeshua, e ainda que tenha estabelecido o Reino Messiânico, e que tenha inaugurado a Era Messiânica, cumprindo assim todas as denominadas profecias messiânicas. Portanto, é evidente, é óbvio, que o verdadeiro mashiach ainda está por vir.

‘Eu sou ADONAI que Sozinho...’

O AQUILO INFINITO é UM SÓ ÚNICO ÍMPAR SINGULAR AQUILO INFINITO, não dois nem três, nem mais de três. O AQUILO INFINITO, sendo O AQUILO INFINITO, não tem nenhum tipo de corpo, e nenhum tipo de forma (imagem, figura, aparência) e, (portanto, obviamente) não é humano nem pessoa. O AQUILO INFINITO é O AQUILO INIMAGINÁVEL. O AQUILO INFINITO Sozinho é O CRIADOR e O SUSTENTADOR de todo o Universo. O AQUILO INFINITO não compartilha com nenhum outro o atributo de CRIADOR. O AQUILO INFINITO não teve parceria na Criação. O AQUILO INFINITO Sozinho criou, cria e criará todas as coisas. O AQUILO INFINITO (popularmente chamado de D'US) é HASHEM.

Ieshaiáhu (Isaías) 44: 24

“Assim disse [ADONAI*], teu redentor [dos judeus e dos noarridas], que desde o seio materno te formou: Eu sou [ADONAI*], que cria todas as coisas, que sozinho expandiu os céus e estendeu a terra.”
Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer

“Assim fala [ADONAI*], teu redentor, que te formou desde o seio materno: ‘Sou eu, [ADONAI*], que fiz todas as coisas, o único que desdobrou os céus. Firmei a terra. Quem me ajudou?’”
Bíblia Mensagem de Deus, Edições Loyola, 1989

“[ADONAI*], o Salvador de Israel, diz: '... Sozinho, eu criei todas as coisas; estendi os céus e firmei a terra sem a ajuda de ninguém.'”
Nova Tradução na Linguagem de Hoje ( http://www.bibliaonline.com.br/ntlh/is/44 )

“Assim diz [ADONAI*], o seu redentor, que o formou no ventre: 'Eu sou [ADONAI*], que fiz todas as coisas, que sozinho estendi os céus, que espalhei a terra por mim mesmo'.”
Nova Versão Internacional ( http://www.bibliaonline.com.br/nvi/is/44 )

“Assim diz [ADONAI*], que te remiu e que te formou desde o ventre: 'Eu sou [ADONAI*], que faço todas as coisas, que sozinho estendi os céus, que desdobrei a terra (quem estava comigo?)'”
Sociedade Bíblica Britânica ( http://www.bibliaonline.com.br/tb/is/44 )

“Assim diz [ADONAI*], teu Redentor, e que te formou desde o ventre: 'Eu sou [ADONAI*] que faço todas as coisas, que sozinho estendi os céus, e espraiei a terra {quem estava comigo?}'”
Almeida Revisada Imprensa Bíblica Brasileira ( http://www.bibliaonline.com.br/aa/is/44 ); − Almeida Revista e Corrigida ( http://www.bibliaon.com/isaias_44/ )

“Eis o que diz [ADONAI*], teu Redentor, que te formou desde o seio de tua mãe: 'Sou eu, [ADONAI*], que fiz todas as coisas, sozinho estendi os céus. Firmei a terra: quem estava comigo?'”
Bíblia online Ave-Maria ( http://www.avemaria.com.br/biblia/29/ISAIAS/44 )

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

As Verdadeiras Testemunhas de D’us

A instituição religiosa representada pela Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (Torrevigianismo) se proclama testemunhas de jeová, querendo dizer assim que são as únicas verdadeiras testemunhas de D’us, e para isso se utilizam do texto do profeta Ieshaiáhu (Isaías), capítulo 43, versículo 10. Trata o profeta Ieshaiáhu (Isaías) realmente de uma religião, a torrevigiana? A resposta a esta pergunta se encontra no próprio contexto, como segue:

“Mas agora, assim diz [ADONAI*] que te criou, ó [filhos de] Jacob, e que te formou, ó [povo de] Israel: Não temas, porque te redimi; por teu nome te chamei, a ti que és Meu. Vós sois as Minhas testemunhas − diz [ADONAI*] − Meus servos a quem escolhi, para que possais saber, acreditar e compreender que Eu sou [ADONAI*]. ... Somente Eu sou [ADONAI*], e outro salvador não existe, além de Mim. Eu anunciei (que o faria) e vos salvei, como havia dito;... . Vós sois Minhas testemunhas − diz [ADONAI*] − e Eu sou vosso Deus! Eu sou [ADONAI*], vosso Santíssimo, o Criador [do povo] de Israel, vosso Rei. Assim disse [ADONAI*], que criou um caminho através do mar e estabeleceu uma trajetória por entre as águas impetuosas, (na libertação do Egito) que fez nele entrar os carros e seus cavalos, o exército e todo o seu poder, que agora jazem juntos e que nunca mais se reerguerão, pois estão destruídos como um pavio queimado: Acaso não recordais estas coisas, nem considerais o que já se passou? Contudo, ouve agora, ó [filhos de] Jacob, Meu[s] servo[s]; ó [povo de] Israel, a quem escolhi. Assim disse [ADONAI*], que desde o início te criou, que sempre proverá tua ajuda: Não temas, ó [filhos de] Jacob, Meu[s] servo[s], ó [povo de] Ieshurun, a quem escolhi. Assim disse [ADONAI*], o Rei [do povo] de Israel e seu redentor, [ADONAI*] dos Exércitos: Eu sou o primeiro e Eu sou o último, e não existe Deus além de Mim! Quem como Eu poderia proclamar − que o faça, se puder − tudo que foi feito desde que este povo antigo [de Israel] escolhi, e tudo que ainda haverá de acontecer? Não vos assusteis nem temais; não vos anunciei e vos fiz conhecer desde aquele tempo? Vós sois as Minhas testemunhas!... Lembra-te destas coisas, ó [filhos de] Jacob, porque tu és o Meu servo, ó [povo de] Israel! Eu te formei para ser o Meu servo; não Me esqueças, ó [povo de] Israel.”
Ieshaiáhu (Isaías) 43:1, 10 ao 12, 15 ao 18; 44:1, 2, 6 ao 8, 21

Como está evidente no contexto, o profeta Ieshaiáhu (Isaías) só pode estar querendo dizer aquilo que está dizendo, ele está tratando como testemunhas de HASHEM aos filhos de Jacob, o povo de Israel, os judeus, e não os torrevigianistas.

Quero Saber: Histórias de Religião e Fé; tradução de Constantino Kouzmin-Korovaeff; Editora Escala; 2009, explica corretamente sobre os judeus:
Ao ser resgatado do cativeiro dos egípcios, “o povo de Israel foi, assim, encarregado de uma tarefa específica. Iria agora prestar testemunho da existência e da ação de Deus e de seus ensinamentos. Deveria amar a Deus com todas as suas forças e permanecer fiel a ele.” (O grifo é nosso.) − Página 32.

Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

1914: ano do estabelecimento do Reino Messiânico?

O torrevigianismo afirma que 1914 foi o ano do estabelecimento do Reino Messiânico. Mas onde esse “reino” foi estabelecido que não se pode observá-lo? Segundo ele, no céu. Ensina a bíblia judaica ou Tanach que o Reino Messiânico é um Reino celestial (em vez de terrestre)? Ensina a bíblia judaica ou Tanach que o mashiach (o Rei do Reino Messiânico) é um espírito (em vez de um humano)?
O rabino I. Rubin explica resumidamente o que a bíblia judaica ou Tanach ensina sobre o mashiach e o seu Reino Messiânico:
O Mashiach será “um humano descendente do Rei David, comprometido com toda a Torá, [que] reunirá todos os judeus em Israel, reconstruirá o Templo e trará a paz universal.”
Vejamos alguns textos bíblicos:

“Aproximam-se os dias − diz [ADONAI*] − em que tornarei realidade a boa palavra que pronunciei em relação à Casa de Israel e à Casa de Judá. Naqueles dias, nesta época, farei com que da semente de David brote um rebento [o mashiach] pleno de retidão, que saberá praticar justiça e retidão nesta terra [de Israel]. Naqueles dias, Judá será redimida e Jerusalém viverá em segurança, e o nome pelo qual ela (Jerusalém) será chamada significará ‘[ADONAI*] é nossa retidão’.”
Irmiáhu (Jeremias) 33:14 ao 16; também 23:5 e 6

“Porque assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que Eu mesmo buscarei Minhas ovelhas [os judeus] e as reunirei. E as recolherei dentre os povos de sua dispersão, as trarei dos países para onde foram, voltarei a reuni-las em sua própria terra [a terra de Israel]... . E sobre elas porei um pastor que delas cuidará − [o descendente do] Meu servo David [, o mashiach,] as apascentará e será o seu pastor!”
Iechezkel (Ezequiel) 34:11, 13, 23, 24; também 36:24 ao 29; Irmiáhu (Jeremias) 32:37 ao 41; 33:7 ao 9
“Assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que tomarei os filhos de Israel [e de Judá] dentre as nações para onde foram, e os reunirei de todas as partes e os trarei de volta à sua própria terra [a terra de Israel]; e farei deles [dos filhos de Israel e dos filhos de Judá] uma nação sobre as montanhas da terra de Israel, e um só rei terão... . E o [descendente do] Meu servo David [, o mashiach,] será rei sobre todos eles, será seu único pastor... . E habitarão na terra que dei ao Meu servo Jacob,... eles, seus filhos e seus netos para sempre; e [o descendente do] Meu servo David [,o mashiach,] será seu príncipe para sempre. E farei com eles uma aliança de paz, e ela será uma aliança eterna com eles;... e porei para sempre Meu Santuário [o Templo] em seu meio. E as nações saberão que Eu sou [ADONAI*] que santifica Israel, quando o Meu Santuário estiver no meio deles para sempre.”
Iechezkel (Ezequiel) 37:21, 22, 24 ao 28

“Será, então, que chamarão Jerusalém de trono de [ADONAI*], e a ela virão todas as nações para se unirem ao nome de [ADONAI*], em Jerusalém; e não mais se deixarão dominar pela teimosia de seus corações perversos.”
Irmiáhu (Jeremias) 3:17

“[ADONAI*] agirá com rigor para com [os povos], mostrando quão vãos são seus deuses; e virão a se prostrar perante Ele cada povo do seu lugar, até os mais distantes.”
Tsefaniá (Sofonias) 2:11

“Canta e regozija-te, ó filha de Tsión, porque eis que virei para morar em teu meio − diz [ADONAI*]. − Naquele dia, muitas nações se unirão a [ADONAI*]; todas elas constituirão Meu povo, e habitarei no meio de ti... . Assim disse [ADONAI*]: Retornarei a Tsión e habitarei no meio de Jerusalém; e Jerusalém será chamada de ‘Cidade da Verdade’, e a montanha de [ADONAI*] dos Exércitos, ‘Monte Sagrado’. Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Há de ocorrer ainda, que povos e moradores de muitas cidades virão, falando uns aos outros e dizendo: ‘Apressemos-nos para ir implorar perante [ADONAI*] e buscar [ADONAI*] dos Exércitos! Eu também irei!’ Sim, muitos povos e nações poderosas virão para buscar [ADONAI*] dos Exércitos em Jerusalém e para implorar perante [ADONAI*]! Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Naqueles dias, dez homens de diferentes línguas e de todas as nações segurarão a orla das vestes de um judeu, dizendo: ‘Iremos contigo, porque sabemos que Deus está contigo!’”
Zechariá (Zacarias) 2:14 e 15; 8:3, 20 ao 23; também Ieshaiáhu (Isaías) 2:1 ao 4

Como a própria História bem atestada, nunca houve (nem no primeiro século da nossa era, nem em 1914) em Jerusalém, na Terra de Israel, um Rei chamado Jesus ou Ieshúa, muito menos ainda que estabeleceu o Reino Messiânico e inaugurou a Era Messiânica. Obviamente que só saberemos quem é realmente o mashiach quando as profecias messiânicas forem cumpridas, e é escancaradamente evidente que as profecias messiânicas ainda não foram cumpridas. Absolutamente ninguém pode negar que o Reino Messiânico ainda não foi estabelecido (com exceção dos próprios torrevigianistas que, por motivos mais que óbvios, também só podem afirmar que esse reino foi estabelecido no céu, já que lá não pode ser verificado, mas mesmo assim não podem negar que a Era Messiânica ainda não começou).
É natural que a palavra mashiach e seus derivados só podem ser corretamente entendidos correlacionados:

mashiach → (estabelece o seu) Reino Messiânico → (e inaugura a) Era Messiânica;

mashiach → (inaugura a) Era Messiânica → (ao estabelecer o seu) Reino Messiânico;

• (estabelece o) Reino Messiânico → (o) mashiach → (e inaugura a) Era Messiânica;

• (estabelece o) Reino Messiânico → (e inaugura a) Era Messiânica → (o) mashiach;

• (inaugura a) Era Messiânica → (o) mashiach → (ao estabelecer o seu) Reino Messiânico;

• (inaugura a) Era Messiânica → (ao estabelecer o seu) Reino Messiânico → (o) mashiach.

Como também:

mashiach (cumpre as) → Profecias Messiânicas;

• Profecias Messiânicas (são cumpridas pelo) → mashiach.

Portanto, está óbvio e evidente que a Era Messiânica não foi inaugurada porque o Reino Messiânico não foi estabelecido, porque o mashiach ainda não veio (em outras palavras, as profecias messiânicas ainda não se cumpriram porque o mashiach ainda não veio).

Por isso, judeus e noarridas ainda aguardam ansiosamente a vinda do verdadeiro mashiach, e que seja brevemente, em nossos dias.

Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

D'US Não É humano

"Deus (O AQUILO INFINITO) não é homem..., nem é filho de homem".
Bamidbar (Números) 23:19

"Aquele que é a Força de Israel (D'US, O AQUILO INFINITO)... não é um homem".
Shemuel Alef (1 Samuel) 15:29

"Ele (D'US, O AQUILO INFINITO) não é um homem como sou eu (Jó)... Acaso Teus olhos são como os de um ser humano? Acaso eles enxergam como o homem enxerga? ("[ADONAI*] disse: '... Eu não vejo como vê o homem ...'.")"
Ióv (Jó) 9:32; 10:4; Shemuel Alef (1 Samuel) 16:7

"Eu (O AQUILO INFINITO) sou Deus, e não um homem!"
Hoshêa (Oséias) 11:9

"Deus (O AQUILO INFINITO) é muito maior que o ser humano."
Ióv (Jó) 33:12

Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer, 2006.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Tanach não menciona morte e/ou ressurreição do mashiach

Por ocasião da vinda do mashiach, O AQUILO INFINITO (popularmente chamado de D-US) destruirá “a morte para sempre e enxugará as lágrimas de todas as faces;... pois assim determinou [ADONAI*]", que "não é homem para que minta...; se Ele disse, não o fará? E tendo falado, não o cumprirá?" E então, "reviverão teus mortos", "pois de Ti [O AQUILO INFINITO] provém a fonte da vida", porque "nem os mortos nem os que descem à região do silêncio podem louvar a [ADONAI*]. Mas nós [os vivos, e aí se incluirão os ressuscitados,] bendiremos a [ADONAI*], desde agora e para todo o sempre." "Os vivos, sim, os vivos Te louvarão como eu o faço hoje."
Bamidbar (Números) 23:19; Ieshaiáhu (Isaías) 25:8; 26:19; 38:18 e 19; Tehilim (Salmos) 36:10; 115:17 e 18
Isso só pode significar que:

1. o mashiach ainda não veio (pois a morte ainda não foi destruída por D'US);

2. a Ressurreição ainda não aconteceu, quer dizer, O AQUILO INFINITO ainda não ressuscitou a (absolutamente) NINGUÉM;

3. se com o aparecimento do mashiach, O AQUILO INFINITO destrói a morte, consequentemente, o mashiach não morre/morrerá (nem morre nem é ressuscitado [afinal, o mashiach estabelecerá a Adoração do D'US do Tanach, HASHEM, em toda a Terra, e como "ELE" é Eterno, a Sua Adoração (por parte do próprio mashiach e então de toda a humanidade), obviamente, também tem de ser eterna], nem ascende ao céu [afinal, o céu não necessita de mashiach], e nem volta (ou vem pela segunda vez) [não existem duas vindas do mashiach, a sua vinda é única, absoluta e definitiva]).

"Um rebento [o mashiach] sairá do trono de Ishai [Jessé] e um ramo de suas raízes brotará. [Ele] destruirá os ímpios. Não causarão dano e nada destruirão em Meu santo Monte, porque a terra estará repleta do conhecimento de [ADONAI*], como as águas cobrem o mar. E o descendente de Ishai [Jessé] será como um estandarte para todos os povos. A ele acorrerão todas as nações, e será glorioso o lugar de sua moradia." "Nações se encaminharão para a tua luz [de Jerusalém], e os reis para o brilho do teu resplendor. Estrangeiros edificarão os teus muros, e seus reis te servirão; ... pois a nação e o reino que não te servirem perecerão; estas nações serão de todo arruinadas. ... Chamar-te-ão 'A Cidade de [ADONAI*]', Tsión do Santíssimo de Israel. Não se porá mais o teu sol [ie, teu reino (do mashiach)], nem a tua lua [ie, teu governo (do mashiach)] se retirará, porque [ADONAI*] será a tua luz perpétua". "E [ao Monte da Casa de ADONAI*,] afluirão todas as nações... e dirão: '... Ele [ADONAI*, o Deus de Jacob,] nos ensinará Seus caminhos e por eles seguiremos, pois de Tsión virá o ensinamento da Torá e de Jerusalém a palavra de [ADONAI*]!' Ele orientará as causas entre as nações e estabelecerá Suas decisões entre muitos povos. Converterão então as suas espadas em arados e suas lanças em foices. E cada nação não levantará contra outra suas espadas, e não mais aprenderão a arte da guerra. Desaparecerão totalmente os ídolos." "[Destruirá] a morte para sempre e enxugará as lágrimas de todas as faces; ... pois assim determinou [ADONAI*]." "Neste dia o homem se voltará para seu Criador e seus olhos buscarão o Santíssimo de Israel. [ADONAI*] dos Exércitos é o Seu Nome; teu Redentor, o Santíssimo de Israel será reconhecido como Deus de toda a terra."
Ieshaiáhu (Isaías) 11:1, 4, 9, 10; 60:1, 3, 10, 12, 14, 19, 20; 2:1 ao 4, 18; 25:8; 17:7; 54:5

Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

Sobre Isaías 7:14 por Francolino J. Gonçalves

Em "«Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho», Mateus segue a LXX, a única forma do texto de Is 7,14 que usa o termo parthénos «virgem». Em hebraico lê-se 'almâh, substantivo que designa uma jovem em idade núbil ou já casada. Na maior parte dos seus empregos bíblicos, 'almâh designa de fato uma jovem virgem mas o termo não implica necessariamente essa qualidade. Traduzindo o termo por parthénos, a LXX especificou-lhe o sentido transformando a jovem numa virgem, conceito esse que se expressaria em hebraico por betulâh."
"Seja qual for a identidade da mãe e do filho, não há dúvida de que Isaías falava de uma jovem do seu tempo que estava prestes a conceber e a dar à luz um filho. Nada indica que Isaías se referia de alguma maneira a um acontecimento de um futuro distante. ...[Mas,] para o Evangelista, o anúncio de Is 7,14 cumpriu-se com o nascimento de Jesus, ocorrido cerca de sete séculos e meio mais tarde. A referência aos acontecimentos do tempo de Isaías contida no texto está fora do horizonte de Mateus.
Dissemos que Mt 1,18-25 se destina a mostrar que Jesus foi engendrado pelo Espírito Santo. A convicção de que Jesus foi engendrado pelo Espírito Santo será uma conclusão que Mateus tirou de Is 7,14? Nada sugere que tal seja o caso. Pelo contrário, tudo indica que a dita convicção é o ponto de partida do raciocínio de Mateus e não teve origem em Is 7,14."
"É claro que só quem partilha a fé de Mateus e da sua comunidade a respeito de Jesus pode partilhar também a sua leitura de Is 7,14."

– FRANCOLINO J. GONÇALVES.

Era Messiânica e a Disseminação do Conhecimento Divino

A inauguração da Era Messiânica se dará com a distinção dentro do Povo de D'US entre o Seu adorador e aquele que não O adora:

“Voltareis a discernir entre o justo e o malvado, e entre o que serve a Deus e o que não O serve. Pois, aproxima-se o dia que se abrasará como um forno, no qual todos os ímpios e malévolos serão como a palha; e neste dia serão queimados a tal ponto – diz [ADONAI*] dos Exércitos – que deles não sobrará nem raiz nem ramo algum.”
Malachi (Malaquias) 3:18, 19

O Povo de D'US, os judeus, serão reunidos de todas as partes do mundo e, antes de entrarem na Terra de Israel, serão julgados, de modo que então haverão somente justos, purificados, e entrarão e morarão eternamente ali, e sobre todos eles HASHEM derramará seu espírito, afim de que a partir dali (da Terra de Israel) o Conhecimento Divino preencha todo o mundo:

“Porque assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que Eu mesmo buscarei Minhas ovelhas e as reunirei. E as recolherei dentre os povos de sua dispersão, as trarei dos países para onde foram, voltarei a reuni-las em sua própria terra... Meus julgamentos emitirei nas questões entre uma ovelha e outra, e entre carneiros e cabritos. Portanto, assim disse [ADONAI*] Deus: Eu mesmo hei de julgar entre a ovelha gorda e a magra. E saberão que Eu, [ADONAI*], seu Deus, estou em seu meio, e que eles, a Casa de Israel, são o Meu povo – diz [ADONAI*] Deus.”
Iechezkel (Ezequiel) 34:11, 13, 17, 20, 30
“Eu vos tirarei do meio dos povos, e vos recolherei dos países onde estais espalhados,... e vos levarei ao deserto dos povos e ali vos julgarei face a face. E farei com que passeis pela vara e vos passarei pela transmissão da aliança, e purgarei de vós os rebeldes e os que transgridem os Meus preceitos. Tirá-los-ei da terra onde vivem, mas não entrarão na terra de Israel; e sabereis assim que Eu sou [ADONAI*]! Porquanto no Meu santo monte, no monte mais alto de Israel – diz [ADONAI*] Deus – ali toda a Casa de Israel, todos eles, Me servirão na terra.”
Iechezkel (Ezequiel) 20:34, 35, 37, 38, 40

“Neste tempo, naqueles dias – diz [ADONAI*] – buscarão a iniquidade de Israel, mas ela não estará lá, e os pecados de Judá, mas não serão encontrados, porque perdoarei aos que Eu permitir sobreviver.”
Irmiáhu (Jeremias) 50:20; 33:8

“E acontecerá que, naquele dia,... vós, filhos de Israel, sereis recolhidos um a um! E nesse dia... virão adorar [ADONAI*] no sagrado monte de Jerusalém.”
“E os que restarem do teu povo, todos serão justos, eles herdarão a terra para sempre.”
“Vós... sereis chamados de sacerdotes do [ADONAI*] e sereis aclamados como ministros de nosso Deus”.
“E te chamarão de ‘Povo Sagrado’, os remidos de [ADONAI*]; e tu (Tsión) serás chamada ‘A Procurada’, cidade nunca mais esquecida.”
Ieshaiáhu (Isaías) 27:12, 13; 60:21; 61:6; 62:12
“Pois vos buscareis dentre todas as nações, vos recolherei de todos os países e vos trarei à vossa terra. Então aspergirei sobre vós água limpa, e sereis purificados de todas as vossas impurezas, e de todas as vossas impurezas e idolatrias Eu vos purificarei. Dar-vos-ei também um novo coração, e vos infundirei um novo espírito, e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. Porei em vós o Meu espírito, e farei com que saibais seguir Meus estatutos e cumprir Meus juízos.”
“Estenderei Meu espírito sobre a Casa de Israel – diz [ADONAI*] Deus.”
Iechezkel (Ezequiel) 36:24 ao 27; 39:28, 29
“E ocorrerá então que derramarei Meu espírito sobre toda carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos anciãos terão revelações e sonhos, e visões ocorrerão a vossos jovens.”
Ioêl 3.1
“Hei de resgatá-los de todos os países para onde os dispersei em Minha ira e em Minha indignação e trazê-los de volta a [terra de Israel], onde os assentarei em segurança! Então serão o Meu povo e Eu serei o seu Deus! E dar-lhe-eis um coração e os conduzirei a um caminho, através dos quais mantenham para sempre seu temor por Mim, para seu bem e para o de seus descendentes depois deles. E estabelecerei com eles um pacto eterno, segundo o qual não mais Me apartarei deles, para sempre lhes proporcionar o bem; e imbuirei seus corações de temor a Mim, para que não mais se afastem de Mim.”
“Naquele tempo – diz [ADONAI*] – serei o Deus de todas as famílias de Israel, e eles serão o Meu povo.”
Irmiáhu (Jeremias) 32:37 ao 40; 30:25
“Palavras proféticas pronunciadas por Isaías ben Amóts, a respeito de Judá e Jerusalém. E ocorrerá no fim dos dias, que o Monte da Casa de [ADONAI*] se elevará acima de todas e se destacará dentre as colinas, e a ele afluirão todas as nações. A ele irão muitos povos e dirão: ‘Vinde e ascenderemos à montanha de [ADONAI*], à Casa do Deus do Jacob! Ele nos ensinará Seus caminhos e por eles seguiremos, pois de Tsión virá o ensinamento da Torá e de Jerusalém a palavra de [ADONAI*]!’ Desaparecerão totalmente os ídolos.”
“Porque a terra estará repleta do conhecimento de [ADONAI*], como as águas cobrem o mar.”
Ieshaiáhu (Isaías) 2:1 ao 3, 18; 11:9

Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin; Editora & Livraria Sêfer; 2006.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

A JUSTIÇA DIVINA NA ERA MESSIÂNICA

D'US não é um mero ser humano. D'US é O AQUILO INFINITO (chamado HASHEM). HASHEM é O Indivisível TODO-PODEROSO CRIADOR do Universo, O Juiz Supremo, O Único que conhece todos os pensamentos, sabe todas as intenções, e vê todas as atitudes de todos os seres humanos. Nada está oculto a "ELE". Será na Era Messiânica que se evidenciará a Justiça Divina:

"Assim disse [ADONAI*]: Maldito é o homem que confia somente no ser humano... e aparta de [ADONAI*] seu coração. Bendito é o homem que confia em [ADONAI*], e Dele espera sua ajuda. "Eu, [ADONAI*], esquadrinho o coração e examino o pensamento, para dar a cada um segundo os seus caminhos, segundo o fruto das suas obras."
"Meus olhos [os de D'US] miram todos os caminhos [dos seres humanos], de modo que não podem ocultar-se de Meu rosto nem sua iniqüidade pode ocultar-se de Meus olhos. ...Retribuirei em dobro sua iniqüidade e seus pecados".
"Ó [ADONAI*] Deus! Tu fizeste o céu e a terra... nada há que Te seja oculto. "Teu olhar se estende por sobre os caminhos trilhados pelos filhos dos homens, para dar a cada um segundo os caminhos que escolheram e os atos que praticaram."
Irmiáhu (Jeremias) 17:5, 7 e 10; 16:17 e 18; 32:17 e 19
"Somente por [ADONAI*], em silêncio, aguarda minha alma, pois Dele virá meu socorro. Em verdade, somente Ele é minha rocha, minha salvação, meu baluarte, que não me deixa desesperar jamais. "Somente por [ADONAI*] espera minha alma, em silêncio, pois Ele é que me traz a esperança... e por isto não desesperarei jamais. Uma vez falou Deus e duas lições escutei: o poder pertence a Deus, e a bondade é Tua, ó [ADONAI*] , pois Tu recompensas o homem conforme seus atos."
Tehilim (Salmos) 62:2, 3, 6, 7, 12 e 13

"Se disseres: 'Não sabíamos o que se passava', não o levaria em conta Aquele que sopesa os corações? Não o saberia Aquele que guarda tua alma? Não retribuirá Ele [D'US] a cada uma em acordo com suas ações? O mirar de [ADONAI*] alcança todos os lugares, vigiando o mau e o bom."
Mishlê (Provérbios) 24:12; 15:3

"Está longe de Deus a idéia de fazer maldades, e do Todo-Poderoso, de praticar iniqüidades! Porque somente a obra do ser humano é por Ele retribuída, fazendo a cada um encontrar o que merece, por seus caminhos. Sim! Com toda a certeza Deus não agirá com maldade nem perverterá a justiça."

→ Ióv (Jó) 34:10 ao 12

"[ADONAI*] esquadrinha todos os corações e entende os pensamentos de todo ser. "(Eu [DEUS]) não vejo como vê o homem, porque o homem vê o que está diante de seus olhos, mas [ADONAI*] olha para o coração. "Ó [ADONAI*], Deus de Israel!... ouve, pois, Tu nos céus, a sede da Tua habitação, e perdoa, faz e dá a cada um conforme todos os seus caminhos e conforme vires o seu coração, porque só Tu conheces o coração de todos os filhos dos homens."

Divrê Haiamim Alef (1 Crônicas) 28:9; Shemuel Alef (1 Samuel) 16:7; Melachim Alef (1 Reis) 8:23 e 39

"Palavra de [ADONAI*]": "Enviarei contra ti Minha ira, julgar-te-ei segundo teus caminhos e farei recair sobre ti todas as tuas abominações. Meu olhar não se compadecerá de ti, nem demonstrarei compaixão, pois farei recair sobre ti a conseqüência de teus caminhos e... sabereis que Eu sou [ADONAI*]. Assim disse [ADONAI*] Deus: Eis que vem sobre ti um mal, um mal singular. Com ele vem o fim. Desperta-se contra ti o mal que trará teu fim. Eis que está a vir. "Chegou o tempo (fixado). ... Dentro em pouco verterei sobre ti Minha ira, descarregarei Minha cólera, julgar-te-ei conforme teus caminhos e farei recair sobre ti a conseqüência de todas as tuas abominações. E o Meu olhar não se compadecerá de ti, nem manifestará qualquer compaixão. Tratar-te-ei conforme teus caminhos e tua abominação, e saberás que Eu, [ADONAI*], trago punição (para quem a merece). "Far-lhe-ei justiça conforme seus caminhos, e hei de julgá-los em acordo com seus hábitos, e saberão assim que Eu sou [ADONAI*]."

Iechezkel (Ezequiel) 7:1, 3 ao 9 e 27

"Ao justo e ao perverso, Deus trará julgamento, pois há um tempo para ponderar cada assunto e cada feito. "Com o caridoso[, Tu, D'US,] Te mostras benigno, com o íntegro Te mostras justo. Com o puro Te mostras reto, com o perverso Te mostras sutil."

Cohélet (Eclesiastes) 3:17; Tehilim (Salmos) 18:26 e 27
"Os caminhos do ser humano estão sob os olhos de [ADONAI*] e é Ele que avalia seus passos. Comerão dos frutos conseqüentes a seu caminho".
Mishlê (Provérbios) 5:21; 1: 31

Todos os versículos são da Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer, 2006.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).

Sobre Zechariá (Zacarias) 9:9 e 10

Os evangelhos de Mateus 21:1 a 11 e João 12:12 a 16 afirmam que a profecia de Zacarias, do capítulo 9, versículos 9 e 10, foi cumprida quando "Jesus estava chegando a Jerusalém" e "encontrou um jumentinho e nele montou" (Bíblia Mensagem de Deus, Edições Loyola, 1989). Ora, qualquer pessoa (em qualquer época) pode ser chamada (por outros) rei e montar um jumento e dessa maneira entrar em Jerusalém afirmando estar cumprindo a profecia de Zacarias. Ainda assim essa seria uma ínfima parte da profecia, pois Zacarias deixa claro que para as filhas de Sião e Jerusalém virá o seu "rei", quando então D'US destrói todos os armamentos da terra, e o "rei" estabelece a paz com todas as nações, estendendo as bênçãos do seu reino 'até os confins da terra.' E como se sabe indiscutivelmente, não existe na História o registro de um 'rei de Israel' (supostamente do século 1 da nossa era) chamado 'Jesus (Ieshúa) de Nazaré' ou 'Jesus Filho de José'. Jesus nunca foi rei do povo de D'US na Terra de Israel, e por isso mesmo NÃO cumpriu a profecia de Zacarias 9:9, 10, porque ele não é o mashiach. Quando o (verdadeiro) mashiach surgir, sua identidade será revelada indubitavelmente pelo cumprimento de TODOS os detalhes da profecia de Zacarias 9:9 e 10 (e de outras):

"... filha de Sião..., filha de Jerusalém", "eis que teu rei vem a ti;... e ele proclamará a paz às nações. Seu domínio estender-se-á do mar ao mar, e do rio Eufrates até os confins da terra."
Bíblia Mensagem de Deus, Edições Loyola, 1989.

"... filha de Sião,... filha de Jerusalém," "agora o teu rei está chegando" e sua "palavra é de paz para as nações. O seu reino vai de um mar até o outro, do rio Eufrates até a extremidade do país."

"... ó filha de Sião;... ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti,... e ele anunciará paz aos gentios; e o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra."
Almeida Corrigida e Revisada Fiel ( http://www.bibliaonline.com.br/acf/zc/9 ).

"... ó filha de Sião;... ó filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei; ele é justo e traz a salvação;... ele anunciará paz às nações; e o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o Rio até as extremidades da terra."
Almeida Revisada Imprensa Bíblica Brasileira ( http://www.bibliaonline.com.br/aa/zc/9 ).

"... ó filha de Sião;... ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei" e ele "anunciará paz às nações; o seu domínio se estenderá de mar a mar e desde o Eufrates até às extremidades da terra."
Almeida Revista e Atualizada ( http://www.bibliaonline.com.br/ra/zc/9 ).

"... ó filha de Sião;... ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti,... e ele anunciará paz às nações; e o seu domínio se estenderá de {um} mar a {outro} mar e desde o rio até às extremidades da terra."
Almeida Revista e Corrigida (1995) ( http://www.bibliaonline.com.br/rc/zc/9 ).

"... filha de Sião;... filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei. Ele é justo, e trás a salvação; ele... anunciará a paz às nações; o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o Rio até as extremidades da terra."
Sociedade Bíblica Britânica ( http://www.bibliaonline.com.br/tb/zc/9 ).

"... cidade de Sião..., cidade de Jerusalém,... agora o seu rei está chegando". "Anunciará paz a todas as nações, e o seu domínio irá de mar a mar, do rio Eufrates até os confins da terra."
Edição Pastoral ( http://www.paulus.com.br/BP/_PUV.HTM ).

"... ó filha de Sião... ó filha de Jerusalém. Eis que vem a ti o teu próprio rei. ...E ele falará realmente de paz às nações; e seu domínio será de mar a mar e desde o Rio até os confins da terra."
Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas ( http://www.watchtower.org/t/biblia/zec/chapter_009.htm ).

"... filha de Sião,... filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei". "Ele proclamará a paz entre as nações, seu império estender-se-á de um mar ao outro, desde o rio até as extremidades da terra."

"Alegre-se muito, povo de Sião! Moradores de Jerusalém, cantem de alegria, pois o seu rei está chegando. ... Ele fará com que as nações vivam em paz; o seu reino irá de um mar a outro, e desde o rio Eufrates até os fins da terra."
Nova Tradução da Linguagem de Hoje ( http://www.biblianet.com.br/bibliaonline/ntlh/zacarias/9.html ).

"... ó filha de Tsión!... ó filha de Jerusalém! Eis que para ti se encaminha teu justo rei,... e ele falará somente de paz às nações. Seu domínio se estenderá de um mar a outro, e desde o rio (Eufrates) até os confins da terra."
Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin; Editora & Livraria Sêfer; 2006.