É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Mashiach preso?

Os evangelhos sinóticos (ou seja, Mateus, Marcos e Lucas) afirmam que Jesus foi preso, e que isso aconteceu "para que se cumprissem as Escrituras dos Profetas." (Bíblia Mensagem de Deus, Edições Loyola) Quais? Os evangelhos de Mateus e de Marcos não as especificam. (Mateus 26:47 ao 56; Marcos 14:43 ao 50) Por outro lado o evangelho de Lucas não afirma que tal acontecimento era o cumprimento de profecias. (Lucas 22:47 ao 54) Por que? Simplesmente porque não existem profecias sobre a prisão de mashiach, daí que Mateus e Marcos não puderam especificá-las.
A vinda do mashiach resultará no Fim da maldade e da injustiça, de modo que é inconcebível e inadmissível esperar pela sua prisão (bem como traição e morte):

"Então, voltareis a discernir entre o justo e o malvado, e entre o que serve a Deus e o que não O serve. Pois aproxima-se o dia [do mashiach] que se abrasará como um forno, no qual todos os ímpios e malévolos serão como a palha; e neste dia [do mashiach] serão queimados a tal ponto − diz [ADONAI*] dos Exércitos − que deles não sobrará nem raiz nem ramo algum."
Na vinda única do mashiach, "quanto aos pecadores, eles desaparecerão da terra e não mais existirão iníquos."
"Que em seus dias [do mashiach] floresça o justo e viceje a paz até quando não mais existir a lua."
"Para que sobre o trono de David e seu reinado [do mashiach] não cesse jamais de haver paz, que será estabelecida e mantida através de justiça e retidão, desde agora e para todo o sempre. O zelo de [ADONAI*] dos Exércitos há de tornar isto realidade."
"[O mashiach] destruirá os ímpios. Com retidão se cobrirá, e fidelidade o revestirá. Não causarão dano e nada destruirão em Meu santo Monte, porque a terra estará repleta do conhecimento de [ADONAI*], como as águas cobrem o mar."
Depois da chegada do mashiach, "a bondade e a verdade se encontraram, a justiça e a paz se uniram."
Malachi (Malaquias) 3:18 e 19; Tehilim (Salmos) 104:35; 72:7; Ieshaiáhu (Isaías) 9:6; 11:4, 5 e 9; Tehilim (Salmos) 85:11


Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.


* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).