É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

domingo, 19 de junho de 2011

Ora-se Somente a HASHEM, Sem NENHUM intermediário, Só no NOME DELE Mesmo

A Oração é uma forma de adoração ao AQUILO INFINITO (HASHEM, D’US). Por isso, assim como só se deve adorar ao CRIADOR, HASHEM, O D’US da bíblia judaica ou Tanach, também só se deve orar a "ELE". HASHEM é O UM SÓ-ÚNICO-ÍMPAR-SINGULAR D'US, e, portanto, Somente O AQUILO INFINITO, HASHEM, ouve orações, como está escrito: "Oh D-us..., ouvinte de prece" (Tehilim [Salmos] 65:2 e 3, O Livro dos Salmos dos tradutores Adolpho Wasserman e Chaim Szwertszarf, Editora Maayanot, 1995). É apropriado orar Somente ao Próprio CRIADOR, a HASHEM, O D’US da bíblia judaica ou Tanach, não é apropriado orar a mais ninguém nem a mais nada. Não se deve orar a humanos vivos ou mortos, nem se deve orar aos anjos. Não se ora no nome de ninguém nem de nada, Somente no de D'US Mesmo, e nem se ora pelos méritos de ninguém nem de nada, Somente pelos de D'US Mesmo. A oração Jamais deve ser feita através de qualquer tipo de intermediário. A oração é um momento de comunicação entre a criatura e O CRIADOR, entre o adorador e D’US, entre o filho e O PAI INFINITO. Portanto, na oração a D’US não há lugar para terceiros. E sendo a oração uma comunicação com D’US, ela deve ser feita através da fala. Sim, a oração deve ser sempre expressa verbalmente, pois, se não for dessa maneira, não se trata realmente de uma conversa, de um diálogo, com D’US. A oração se constitui em pedido, agradecimento, louvor (elogio), e/ou expressividade. Naturalmente que todos os adoradores de HASHEM (O AQUILO INFINITO) citados na bíblia judaica ou Tanach oravam a "ELE", mas destacaremos alguns deles:
 
"Abrahão orou a Deus"; "Isaac orou insistentemente a [ADONAI*]"; "e [eu, Moisés,] orei a [ADONAI*], dizendo: ‘[ADONAI*] Deus!...’ E [ADONAI*] Se irritou muito contra Aarão, para destruí-lo, e orei também por Aarão naquele tempo"; "Manôach rezou a [ADONAI*] e... Deus ouviu a voz de Manôach"; "Sansão clamou a [ADONAI*], e disse: ‘Ó [ADONAI*] Deus!’"; Haná (Ana) "orou a [ADONAI*]" "e disse: ‘Ó [ADONAI*] dos Exércitos!’"; "Samuel rezou a [ADONAI*]"; "Salomão... estendeu as suas mãos para os céus, e disse: ‘Ó [ADONAI*], Deus de Israel!... Atenta, pois, à oração de Teu servo e à sua súplica, ó [ADONAI*], meu Deus, e ouve o clamor e a oração que o Teu servo faz hoje diante de Ti.’ Salomão acabou de fazer esta oração e esta súplica a [ADONAI*]"; Eliáhu (Elias) "clamou a [ADONAI*] e disse: ‘Ó [ADONAI*], meu Deus!...’ E [ADONAI*] ouviu a voz de Eliáhu"; Elishá (Eliseu) "rezou a [ADONAI*]"; "Chizkiáhu (Ezequias) rezou perante [ADONAI*] e disse: ‘Ó [ADONAI*], Deus de Israel...’ E Chizkiáhu voltou então seu rosto contra a parede e orou a [ADONAI*], dizendo: ‘Eu Te peço, ó [ADONAI*]!...’"; "Jonas orou a [ADONAI*], seu Deus"; "[ADONAI*] disse a Elifaz... : ‘... Por vós irá orar Meu servo Jó, pois sua oração receberei favoravelmente...’ ... E [ADONAI*] atendeu a oração de Jó"; "eu, Daniel, ... orei a [ADONAI*], meu Deus, ... dizendo: ‘Ó [ADONAI*]... escuta a prece de Teu servo e suas súplicas, ... Escuta, ó [ADONAI*]! Perdoa, ó [ADONAI*]!...’ Eu ainda falava e orava, confessando meu pecado e o pecado do meu povo Israel, e entoava minhas súplicas ante [ADONAI*], meu Deus"; "palavras de Neemias... orei ao Deus dos céus, dizendo: ‘Rogo-te, ó [ADONAI*], Deus dos céus,... apresta Teu ouvido e volta para mim Teus olhos, para que chegue a Ti a oração que eu, Teu servo, pronuncio perante Ti, dia e noite... . Eu te rogo, ó [ADONAI*], deixa Teu ouvido alcançar a oração de Teu servo, junto com as de Teu povo [de Israel]’"; "o rei David... ficou perante [ADONAI*], e disse: ... ‘Ó [ADONAI*], não há semelhante a Ti, e não há outro Deus senão Tu, segundo tudo o que temos ouvido com os nossos ouvidos. ...Teu servo se animou a orar perante Tu’"; "e Menashe (Manassés)... suplicou a [ADONAI*], seu Deus, ... e rezou a Ele, e Ele aceitou sua prece e ouviu sua súplica... . Então Menashe reconheceu que [ADONAI*] era Deus."
Bereshit (Gênesis) 20:17; 25:21; Devarim (Deuteronômio) 9:20 e 26; Shofetim (Juízes) 13:8 e 9; 16:28; Shemuel Alef (1 Samuel) 1:10 ao 12; 2:1; 8:6; Melachim Alef (1 Reis) 8:22, 23, 28 e 54; 17:20 ao 22; Melachim Bet (2 Reis) 4:32 e 33; 19:15; 20:2 e 3; Ioná (Jonas) 2:2 e 3; Ióv (Jó) 42:7 ao 10; Daniel 6:11; 9:2 ao 4 e 17 ao 20; Nechemiá (Neemias) 1:1, 4 ao 6, 11; Divrê Haiamim Alef (1 Crônicas) 17:16, 20 e 25; Divrê Haiamim Bet (2 Crônicas) 33:1, 12 e 13

Como é extremamente evidente na bíblia judaica ou Tanach, ora-se Somente ao AQUILO INFINITO, O CRIADOR, O AQUILO cujo O "NOME" (na verdade, REFERÊNCIA ou ALUSÃO) é composto de 4 letras, a saber: Y, H, V, H, pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI, e fora da leitura bíblica e de rezas, como HASHEM, sem intermediário, intercessor, mediador, qualquer que seja (obviamente que não se ora a D’US nem mesmo em nome do mashiach):

Alguns exemplos de Tehilim (Salmos):

"Dá ouvidos às minhas palavras, ó [ADONAI*], e considera minha súplica. Atenta à voz do meu clamor, meu Rei e Deus, pois a Ti dedico minha prece. [ADONAI*], ouve a voz da oração que a Ti dirijo a cada manhã, aguardando Tua resposta." − 5:1 ao 4

"Uma oração de David. Ouve, ó [ADONAI*],... atende a meu clamor e escuta minha oração... Eu Te invoquei, e sei que me responderás, ó [ADONAI*]; volta para mim Teu ouvido e atenta às minhas palavras." − 17:1 e 6
"Meus pecados a Ti confessei e minha iniquidade não encobri; eu disse: ‘Confessarei minhas transgressões para [ADONAI*]’, e Tu perdoaste a iniquidade do meu pecado. Diz [ADONAI*]: ‘Instruir-te-ei e te guiarei no caminho a seguir; Meus olhos sobre ti te orientarão.’" − 32:5 e 8

"Ó [ADONAI*]! Ante Ti estão todos os meus desejos e nem meu suspiro Te fica oculto. Pois em Ti, [ADONAI*], espero; Tu me responderás, ó [ADONAI*], meu Deus. Não me abandones, ó [ADONAI*], meu Deus! Não Te afastes de mim. Apressa-Te em meu auxílio, ó [ADONAI*], Deus de minha salvação." − 38:10, 16, 22 e 23

"Ouve minha oração, ó [ADONAI*], e atende minha prece; não ignores minhas lágrimas". − 39:13

"Atenta, ó Deus, à minha prece; não ignores a minha súplica. Seja manhã, tarde ou noite, suplicarei, e meu lamento farei chegar a [ADONAI*] e Ele ouvirá minha voz. Confia teu fardo a [ADONAI*] e Ele te sustentará, e não permitirá que desfaleça o justo." − 55:2, 18 e 23

"Apieda-Te de mim, ó [ADONAI*], e ajuda-me, pois em ti busca refúgio minha alma, e [alegoricamente falando,] à sombra de Tuas asas busco abrigo até que passe a calamidade. Clamo a Deus, o Altíssimo, que sempre me dispensou proteção. Dos céus Ele me enviará socorro e me salvará, me protegerá com seu amor misericordioso e fará fracassar o intento dos que querem me destruir. Meu coração não se amedronta e firme ele está, meu Deus; para Ti entoareis hinos e canções. Louvar-Te-ei perante os povos; salmos Te cantarei entre as nações." − 57:1 ao4, 8 e 10
 
"Um salmo de David. Somente por [ADONAI*], em silêncio, aguarda minha alma, pois Dele virá meu socorro. Em verdade, somente Ele é minha rocha, minha salvação, meu baluarte, que não me deixa desesperar jamais. Somente por [ADONAI*] espera minha alma, em silêncio, pois Ele é que me traz a esperança. Ele é minha rocha, minha salvação, meu baluarte e por isto não desesperarei jamais." − 62:1 ao 3, 6 e 7
 
"Ouviu-me [ADONAI*] e aceitou minha oração. Bendito seja, pois não rejeitou minha prece e não me negou Sua bondade." − 66:19 e 20
 
"Bendito é [ADONAI*]! Dia após dia nos sustenta, o Deus de nossa salvação. Sim! Ele é para nós o Deus que nos liberta até mesmo dos grilhões da morte." − 68:20 e 21
 
"Em Ti busquei refúgio, ó [ADONAI*]; não permitas pois, jamais, que se frustre minha confiança. Salva-me e abriga-me por Tua benevolência, inclina para mim Teu ouvido e resgata-me. Seja minha rocha, o refúgio ao qual eu possa sempre recorrer. Determina minha salvação, já que és meu rochedo, meu baluarte. Livra-me ó Deus, das mãos do perverso, das garras do iníquo e das tramas do malévolo. Só em Ti repousa minha esperança desde minha mais tenra idade. Que plena esteja minha boca com Teu louvor, cantando todos os dias a Tua glória. Quanto a mim, por Ti sempre esperarei, e cada vez Te louvarei com mais intensidade." − 71:1 ao 5, 8 e 14
 
"Ó [ADONAI*], Deus dos Exércitos, ouve minha prece; escuta-me, ó Deus de Jacob! Ó [ADONAI*] dos Exércitos, bem-aventurado é o homem que apenas em Ti confia." − 84:9 e 13
 
"Uma prece de David! Ó [ADONAI*], inclina para mim os Teus ouvidos e dá-me Tua resposta,... pois sabes que Te sou devoto..., que a Ti clamo sem cessar. Conforta a alma de Teu servo, porque... Tu és bondoso e clemente, e imensa é Tua misericórdia para com todos os que Te invocam. Escuta minha prece e atende a voz das minhas súplicas, ó [ADONAI*]. No dia de minha angústia, a Ti clamarei, e sei que me responderás. Ensina-me Teu caminho, ó [ADONAI*], para que eu possa andar sob Tua verdade e dedicar meu coração a temer somente Teu Nome. De todo meu coração hei de Te agradecer, e para sempre glorificarei Teu Nome. Tu, ó [ADONAI*], és um Deus clemente e misericordioso, lento em irar-Se e transbordante em bondade e retidão." − 86:1 ao 7, 11, 12 e 15

"Ó [ADONAI*], Deus de minha salvação, dia e noite clamo a Ti. Inclina Teu ouvido e recebe minha súplica. Quanto a mim, a Ti ergo minhas súplicas e, desde o alvorecer, a Ti chega minha prece." − 88:2, 3 e 14
 
"Oração de Moisés, o homem de Deus. Ó [ADONAI*],... de eternidade a eternidade, Tu és Deus." → 90:1 e 2
 
"Ó [ADONAI*], ouve minha prece e permita que Te alcance meu clamor! Não ocultes de mim Tua face no dia de minha aflição, e, sim, inclina para mim Teu ouvido; atende-me prontamente quando eu Te invocar." → 102:2 e 3
 
"Bendiz [ADONAI*], ó alma minha, e não te esqueças de todos os Seus benefícios. Ele é quem perdoa suas transgressões e cura tuas enfermidades, que resgata do túmulo tua vida e te coroa com bondade e misericórdia. Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim é Sua compaixão para com os que O temem." → 103:2 ao 4 e 13

"Amo a [ADONAI*] porque Ele ouve minha voz e minhas súplicas. Para mim inclinou Seu ouvido e eu invocarei Seu Nome enquanto viver. Invoquei o Nome de [ADONAI*]: ‘Salva minha vida, ó [ADONAI*]!’ Piedoso e benevolente é nosso Deus; Ele é misericordioso. Continuarei entre os vivos, andando perante a face de [ADONAI*]. Como poderei retribuir a [ADONAI*] por todos os benefícios que me tem feito? A Ti trarei oferendas de agradecimento e invocarei Teu Nome." → 116:1, 2, 4, 5, 9, 12 e 17

"Agradecei a [ADONAI*] porque Ele é bom e eterna é Sua misericórdia. Invoquei [ADONAI*] no momento de angústia e Ele me ouviu e me livrou das atribulações. [ADONAI*] está comigo, por isso nada temerei; o que me pode fazer o ser humano? Melhor é confiar em [ADONAI*] do que nos seres humanos. Não morrerei! Viverei e hei de relatar os feitos de [ADONAI*]. Tu és meu Deus e eu Te exaltarei; meu Deus és Tu e sempre Te louvarei. Agradecei a [ADONAI*], porque Ele é bom e eterna é Sua misericórdia." → 118:1, 5, 6, 8, 17, 28 e 29

"Como poderá um jovem manter integridade em seu caminho? Atendo-se ao cumprimento de Tua palavra. A Ti busquei com todo empenho de meu coração; não permitas que me deixe desviar de Teus mandamentos. Conservo Tua palavra no fundo de meu coração, para que não venha a pecar contra Ti. Bendito sejas Tu, ó [ADONAI*], que me ensinas Teus preceitos. Ensina-me, ó [ADONAI*], o caminho dos Teus estatutos, e eu o seguirei com fidelidade. Dá-me entendimento para que eu possa guardar Tua Torá [Lei] e observá-la-ei de todo o meu coração. Faz-me trilhar a vereda de Teus mandamentos, pois isto é o que mais desejo. Inclina meu coração para Teus preceitos, e não para a ganância e à ambição. Desvia meus olhos de contemplarem futilidades e preserva-me em Teus caminhos. Concede-me discernimento e sabedoria, pois creio plenamente em Teus mandamentos. Tu és bondoso e benfazejo; ensina-me Teus estatutos. Desviei meus passos dos caminhos que conduzem ao mal, para guardar a Tua palavra. Tua palavra é uma lâmpada para os meus pés e uma luz para o meu caminho. És meu refúgio e meu escudo protetor; em Tua palavra deposito minhas esperanças. Apartai-vos de mim, malfeitores, pois a guardar os mandamentos de meu Deus me dedicarei. Guarda-me, ó [ADONAI*], conforme Tua promessa, e não permita que seja frustrada minha esperança. Ampara-me e serei salvo, e com Teus estatutos ocupar-me-ei. Rejeitas os que de Teus ensinamentos se afastam, porque vivem em mentira e falsidade. Do fundo do meu coração por Ti clamei; responde-me, ó [ADONAI*], para que eu consiga guardar Teus estatutos. Invoquei Teu Nome; salva-me para que Teus mandamentos eu cumpra. Sete vezes ao dia Te dirijo meu louvor, pela retidão de Teus julgamentos. Que Te alcance a melodia de minha prece, ó [ADONAI*]; concede-me compreensão conforme a Tua palavra. Que chegue a Ti minha súplica". → 119:9 ao 12, 33 ao 37, 66, 68, 101, 105, 114 ao 118, 145, 146, 164, 169, 170

"Em minha angústia clamei a [ADONAI*] e Ele me atendeu." → 120:1

"Ergo meus olhos para o alto de onde virá meu auxílio. Meu socorro vem de [ADONAI*], o Criador dos céus e da terra. O Guardião de Israel jamais descuida, jamais dorme. Deus é Tua proteção. ... [ADONAI*] te guardará de todo mal... Estarás sob Sua proteção ao saíres e ao voltares, desde agora e para todo o sempre." → 121:1, 2, 4, 5, 7 e 8

"Elevo meus olhos a Ti que nos céus habitas... ó [ADONAI*]!" → 123:1 e 3

"Nosso socorro foi e é o Nome de [ADONAI*], o Criador dos céus e da terra." → 124:8

"Feliz é aquele que reverencia [ADONAI*] e trilha Seus caminhos. O trabalho de suas mãos proverá seu sustento, feliz será e tudo lhe correrá bem." → 128:1 e 2

"Ó [ADONAI*]! Ouve minha voz e permita que estejam atentos os Teus ouvidos a meu brado suplicante. Por [ADONAI*] aguardo esperançosamente, por sua palavra de perdão espero, por Ele minha alma anseia."→ 130:1, 2 e 5

"Espere tranqüilo e confiante em [ADONAI*], ó Israel, agora e por todo o sempre." → 131:3

"Ó [ADONAI*], Tu perscrutas meu íntimo e me conheces totalmente. ...E Te são conhecidos todos os meus passos. Antes que eu venha a pronunciar uma palavra, ela já é conhecida por [ADONAI*]. Minha mente foi por Ti criada, e no [útero#] de minha mãe me formaste. Analisa-me, ó [ADONAI*]! Perscruta meu coração, testa-me e esquadrinha meus pensamentos. E se vires em mim um mau caminho, guia-me ao caminho certo." → 139:1 ao 4, 13, 23 e 24 (# Conforme a tradução de Adolpho Wasserman e Chaim Szwertszarf em O Livro dos Salmos, Editora Maayanot, 1995.)

"Ó [ADONAI*]! Clamei por Ti; socorre-me e escuta minha voz quando Te busco. Meus olhos se fixam esperançosos em Ti, ó [ADONAI*], meu Deus; em Ti busco refúgio, não rejeites minha alma." → 141:1 e 8

"Uma oração": "Ergo a [ADONAI*] meu brado, e minha voz Lhe implora ajuda. Perante Ele derramo minha súplica, e minha aflição Lhe exponho." → 142:1 e 2

"Ó [ADONAI*], ouve minha oração e atende a minha súplica; em Tua retidão, responde-me com Tua justiça. Contra Teu servo não ponderes em julgamento, pois criatura não há que diante de Ti se justifique. ...Em Ti depositei toda a minha confiança. Mostra-me o caminho que devo trilhar... . Ensina-me a cumprir Tua vontade, pois és meu Deus. Por Teu Nome faz-me viver... pois Teu servo eu sou." → 143:1, 2, 8, 10 ao 12
 
"Exaltar-Te-ei, meu Deus e meu Rei, e bendirei sempre Teu Nome. Sim, Louvar-Te-ei a cada dia, e Teu Nome hei de eternamente abençoar. [ADONAI*] está sempre próximo dos que O invocam, dos que por Ele clamam com sinceridade. Atenderá o desejo dos que O temem; seu clamor há de escutar e lhes trará a salvação. Ele protege aos que O amam, mas certamente destruirá os malévolos. Que proclame minha boca o louvor de [ADONAI*], e bendiga toda criatura Seu santo Nome por todo o sempre!" → 145:1, 2, 18 ao 21

"Louvado seja [ADONAI*]! Louva [ADONAI*], ó minha alma! Louvarei [ADONAI*] enquanto eu viver, cantarei em louvor de meu Deus enquanto eu existir. Feliz... é aquele que tem no Deus de Jacob o seu socorro, e cuja esperança está em [ADONAI*], seu Deus; que fez os céus e a terra, o mar e tudo o que eles contêm". → 146:1, 2, 5 e 6

"Louvado seja [ADONAI*]! Como é bom cantar em louvor de nosso Deus; uma alegria para o coração é este louvor. Grande é nosso Deus, imenso é Seu poder e infinita é Sua sabedoria. Agradam-Lhe, sim, os que O reverenciam e que em Sua misericórdia confiam." → 147:1, 5 e 11
 
Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

Converse (ore, fale) diretamente (Sem Nenhum intermediário) com D’US, (apenas com "ELE" em NOME DELE Mesmo) HASHEM, constantemente, pois "ELE" é o nosso PAI INFINITO.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).