É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

quinta-feira, 11 de junho de 2015

É NECESSÁRIO QUE O PROFETA ELIAHU (ELIAS) ANUNCIE A REDENÇÃO OU QUE OCORRA A GUERRA DE GOG E MAGOG?

PROFECIAS DO TANACH

É NECESSÁRIO QUE O PROFETA ELIAHU (ELIAS) ANUNCIE A REDENÇÃO OU QUE OCORRA A GUERRA DE GOG E MAGOG?

Como sabemos, Eliahu HaNaví (o Profeta Elias) anunciará a chegada do Mashiach, conforme o versículo: "Eis que vos mandarei o profeta Elias, antes que venha o grande e temível dia de Hashem." (Malachi [Malaquias] 3:23). Como dizemos no Bircat HaMazon (a Benção após as refeições): "Que O Misericordioso nos envie Eliahu, o Profeta, e que nos traga boas notícias, salvação e consolo."
Outro acontecimento vinculado com a redenção é a terrível guerra de Gog e Magog, que livraram muitas nações, com a batalha decisiva tendo lugar sobre as montanhas de Israel (Iechezkel [Ezequiel] Capítulos 38 e 39). Estes dois temas suscitam muitas perguntas: Quando chegará Eliahu? Ele anunciará a iminente chegada do Mashiach ou começará a desempenhar seu papel mais tarde? Como se libertará a guerra de Gog e Magog? E que papel desempenhará o povo judeu sobre ela?
Os midrashim apenas rondam o mistério e oferecem diferenças de opinião. É por isso que os que baseiam suas predições nestas fontes chegam a "livretos" muito contraditórios. Como acontece com qualquer tema, o enfoque correto se encontra na halachá (lei judaica).
Maimônides oferece uma solução clara nos desestimulando de se aprofundar nestas áreas, já que não são essenciais para a redenção e carecemos de informação suficiente para entendê-las.

Para Maimônides a definição de fé na chegada do Mashiach está expressada unicamente na aparição de um líder descendente do Rei David que cumpra as leis correspondentes a redenção. Todos os outros conceitos, como o anúncio do profeta Eliahu e a guerra de Gog e Magog, se sucederão, mas as suas formas e variáveis são secundárias e irrelevantes à verdadeira fé em sua chegada.

Texto extraído do livro La Era Mesiánica.
Copyright © Editorial Kehot Lubavitch Sudamericana.

(Vienemashiaj.)

Traduzido do espanhol por
"Bnei Noach"/"Noahides"/"Noa[rri]das" estudando a bíblia JUDAICA ou Tanach (obviamente, de acordo com o Judaísmo).