É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

domingo, 10 de julho de 2011

"Nova Aliança", com quem?

O texto de Irmiáhu (Jeremias) 31:30 ao 33 é transcrito no livro “sagrado” do jesusismo, o “novo testamento”, em Hebreus 8:8 ao 12. Isto significa que tanto judeus como jesusistas aplicam a si próprios a nova aliança anunciada pelo Profeta. Judeus e jesusistas concordam numa coisa: a nova aliança é criada na vinda do mashiach (messias). Para os jesusistas, Jesus é o mashiach, e a nova aliança é o jesusismo. Os judeus não creem que Jesus é o mashiach, e por isso, ainda esperam pela vinda dele.
Outros textos da bíblia Judaica ou Tanach revelam acontecimentos que a nova aliança abrange:

“E a palavra de [ADONAI *] veio a mim [Iechezkel], dizendo: E tu, ó filho do homem, toma uma vara e escreve sobre ela: ‘Para Judá e para os filhos de Israel, seus companheiros’, e logo toma outra vara e escreve sobre ela: ‘Para José, o ramo de Efráim, e para toda a Casa de Israel, seus companheiros’. E junta-as uma à outra como uma só vara, para que se unam na tua mão. E quando os filhos do teu povo te disserem: ‘Não vais nos dizer o que significa tudo isto?’, tu lhes dirás: Assim disse [ADONAI *] Deus: Eis que tomarei a vara de José, que está na mão de Efráim e das tribos de Israel, suas companheiras, e a porei junto à vara de Judá; e farei delas uma só vara, e serão uma na Minha mão. – e as varas onde escreveste o que te ordenei, estarão em tua mão, diante de seus olhos, e lhes falarás: Assim disse [ADONAI *] Deus: Eis que tomarei os filhos de Israel dentre as nações para onde foram, e os reunirei de todas as partes e os trarei de volta à sua própria terra; e farei deles uma nação sobre as montanhas da terra de Israel, e um só rei [o mashiach] terão, e não serão mais duas nações [Judá e Israel], nem estarão mais divididos em dois reinos, nem contaminarão mais a si mesmos com seus ídolos, nem com as suas abominações, nem com quaisquer de suas transgressões; em vez disso, Eu os retirarei de todas as moradas onde pecaram e os purificarei, de modo que serão o Meu povo e Eu serei o seu Deus. E o [mashiach, descendente do] Meu servo David será rei sobre todos eles, será seu único pastor; andarão nos Meus juízos e guardarão os Meus estatutos, e os cumprirão. E habitarão na terra que dei ao Meu servo Jacob, onde moraram os vossos pais, e nela voltarão a habitar eles, seus filhos e seus netos para sempre; e [mashiach, descendente do] Meu servo David será seu príncipe para sempre. E farei com eles uma aliança de paz, e ela será uma aliança eterna com eles; e os estabelecerei e os multiplicarei, e porei para sempre Meu santuário em seu meio. A Minha Morada estará sobre eles, e Eu serei o seu Deus e eles serão o Meu povo. E as nações saberão que Eu sou [ADONAI *] que santifica Israel, quando o Meu Santuário estiver no meio deles para sempre.”

“E a palavra de [ADONAI *] veio a mim [Iechezkel], dizendo: Ó filho do homem! Quando a Casa de Israel vivia em sua própria terra, profanaram-na pelos caminhos que escolheram e por seus atos. “Por isto,... Eu os espalhei entre as nações, e foram dispersos entre os países. “E quando chegaram às nações para onde foram, novamente profanaram Meu santo Nome, fazendo com que deles dissessem: ‘Estes são o povo de [ADONAI *], que foram por ELE expulsos de sua terra.’ Mas Eu Me compadeci pelo Meu santo Nome... Portanto, proclama à Casa de Israel: Assim disse [ADONAI *] Deus: Não é por vós que o faço, ó Casa de Israel, mas pelo Meu santo Nome... E santificarei Meu grande Nome perante as nações para onde foste... E as nações saberão que Eu sou [ADONAI *] – diz [ADONAI *] Deus – quando Eu for santificado por vós à vista de todos eles. Pois vos buscarei dentre todas as nações, vos recolherei de todos os países e vos trarei à vossa terra. Então aspergirei sobre vós água limpa, e sereis purificados de todas as vossas impurezas, e de todas as vossas impurezas e idolatrias Eu vos purificarei. Dar-vos-ei também um novo coração, e vos infundirei um novo espírito, e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. Porei em vós o Meu espírito, e farei com que saibais seguir Meus estatutos e cumprir Meus juízos. Vivereis na terra que dei a vossos pais; sereis o Meu povo e Eu serei o vosso Deus. Sereis purgados de todas as vossas contaminações...”.

“Portanto, diz-lhes [à Casa de Israel]: Assim disse [ADONAI *] Deus: Ainda que Eu os tenha dispersado entre nações distantes e os espalhado por muitos países, aonde quer que cheguem continuo junto deles quando vêm” às sinagogas. “Portanto, diz-lhes: Assim disse [ADONAI *] Deus: Hei de recolher-vos de todos os povos e de todos os países por onde fostes dispersos, e vos tornarei a dar a terra de Israel. Para lá hão de ir, e retirarão todas as abominações e darão fim a toda corrupção que venham a encontrar. E lhes darei um novo coração e lhes infundirei um novo espírito; e retirarei seu frio coração de pedra e lhes darei um sensível coração de carne, para que obedeçam a Meus estatutos, e cumpram e executem Meus preceitos; serão o Meu povo e Eu serei o seu Deus!”

Iechezkel (Ezequiel) 37:15-28; 36:16-32; 11:16-21.

Como está explícito e evidente em todos os textos acima, a nova aliança não é o jesusismo, e Jesus não é o mashiach. O mashiach ainda virá, e quando isto acontecer, todos os judeus do mundo inteiro serão reunidos na Terra de Israel e viverão ali para sempre.
Naturalmente, o jesusismo cita apenas aquilo que lhe convém, pois o contexto de Irmiáhu (Jeremias) 31, também declara:

“Assim disse [ADONAI *]: Canta com alegria, ó [povo de] Jacob, e exulta-te perante todas as nações! Proclama em alta voz teu louvor a [ADONAI *] e diz: Salva, ó [ADONAI *], aos remanescentes de Teu povo Israel! Eis que das terras do norte hei de vos trazer, e dos mais distantes confins hei de congregar a todos, e junto virão, o cego e o coxo, a mulher grávida e a parturiente, e voltarão juntos formando uma grande multidão... pois Me tornei uma pai para Israel, e Efráim é o Meu primogênito! Ouvi, ó nações, a palavra de [ADONAI *], e anuncia-a às ilhas mais remotas! Fazei saber: Aquele que espalhou a Israel (entre as nações) congregá-lo-á, e o guardará como um pastor a seu rebanho. Pois [ADONAI *] resgatou a Jacob e o remiu da mão do que era mais forte. E ascenderão a Tsión e, lá, cantarão em júbilo, e fluirão em sua direção as torrentes da bondade de [ADONAI *],... e nunca mais haverão de desfalecer. ...Converterei o seu pranto em regozijo, os consolarei de sua tristeza e lhes trarei somente alegria. Assim disse [ADONAI *], que proporciona a luz do sol durante o dia e a luz da lua e da constelação das estrelas durante a noite, e que revolve o mar, fazendo rugir suas ondas − cujo nome é [ADONAI *] dos Exércitos: Se tudo isto que estabeleci se desfizer sem Minha ordem − diz [ADONAI *] −, então também a semente de Israel deixará para sempre de ser uma nação sob Minha proteção. Assim disse [ADONAI *]: Se pode ser medida a extensão dos céus que estão acima, ou exploradas as fundações da terra que está abaixo, lançarei para longe de Mim a semente [descendência] de Israel”.

Irmiáhu (Jeremias) 31:6-12, 34-36.

É óbvio que os jesusistas escritores do “novo testamento” nunca citaram ou transcreveram quaisquer destes tipos de texto, pois tratam claramente do judaísmo e dos judeus.

Veja os tópicos:
Todos os versículos são da Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer, 2006.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).