É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Duas vindas do mashiach não é ensinamento do Tanach

A crença na “segunda vinda de Jesus” não é uma doutrina judaica, e, portanto, obviamente, não é um ensinamento da bíblia judaica ou Tanach. A bíblia judaica ou Tanach não ensina duas vindas do mashiach, consequentemente, a vinda do mashiach é Única. Uma vez que Jesus não cumpriu as chamadas profecias messiânicas, o “novo testamento” estabeleceu a crença na "sua" segunda vinda, e o “Credo de Nicéia” a afirmou:

"Cremos... em um só Senhor Jesus ... da substância do Pai; ... Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, ... consubstancial ao Pai; por quem foram criadas todas as coisas que estão no céu ou na terra. O qual ... desceu (do céu), se encarnou e se fez homem. Padeceu e ao terceiro dia ressuscitou e subiu ao céu. Ele virá novamente para julgar os vivos e os mortos."

Quanto a vinda Única do mashiach, Quero Saber: Histórias de Religião e Fé; Editora Escala, 2009; Judaísmo; explica corretamente:
"A fé judaica inclui a expectativa de um tempo de salvação, de um reino de paz, amor e justiça. ...O povo [de Israel] espera que Deus envie um rei para intervir na história mundial. O Messias (em hebraico, "o ungido") irá restaurar o reino de Deus. Ele se estabelecerá em Jerusalém. Depois a paz irá prevalecer em todos os lugares e todos crerão num Deus único." − Pg. 33.

"Rejubila-te com todo teu ser, ó filha de Tsión! Clama com alegria, ó filha de Jerusalém! Eis que para ti se encaminha teu justo rei [o mashiach], triunfante por suas vitórias, mas ao mesmo tempo comportando-se com humildade, cavalgando um filhote de jumento. [Eu, D'US,] destruirei qualquer carruagem de guerra de Efráim, e eliminarei todo cavalo de combate de Jerusalém; será destruído o arco de batalha, e ele [o mashiach] falará somente de paz às nações. Seu domínio se estenderá de um mar ao outro, e desde o rio (Eufrates) até os confins da terra.
Assim disse [ADONAI*]: Retornarei a Tsión e habitarei no meio de Jerusalém; e Jerusalém será chamada de 'Cidade da Verdade', e a montanha de [ADONAI*] dos Exércitos, 'Monte Sagrado'. Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Hei de salvar Meu povo do país do oriente e do país do ocidente! E Eu os trarei para que vivam em Jerusalém; serão Meu povo e Eu serei seu Deus, em verdade e em justiça. Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Há de ocorrer ainda, que povos e moradores de muitas cidades virão, falando uns aos outros e dizendo: ‘Apressemos-nos para ir implorar perante [ADONAI*] e buscar [ADONAI*] dos Exércitos! Eu também irei!’ Sim, muitos povos e nações poderosas virão para buscar [ADONAI*] dos Exércitos em Jerusalém e para implorar perante o Eterno! Assim disse [ADONAI*] dos Exércitos: Naqueles dias [do mashiach], 10 homens de diferentes línguas e de todas as nações segurarão a orla das vestes de um judeu, dizendo: 'Iremos contigo, porque sabemos que Deus está contigo!'"
Zechariá (Zacarias) 9:9, 10; 8:3, 7, 8, 20 ao 23

“E tu, Bet-Léchem (Belém) de Efrat, és muito pequena para ser contada entre os milhares de Judá, mas de ti sairá, para Mim, alguém que há de ser o condutor de Israel, cuja origem remontará ao passado distante. Ele se erguerá e liderará com a força que lhe concederá [ADONAI*] e com a majestade do Nome de [ADONAI*], seu Deus; e habitarão em paz, porque então ele se terá engrandecido até os confins da terra, e isto assegurará a paz.
Virá a ocorrer no fim dos dias, que o monte da Casa de [ADONAI*] será firmemente estabelecido como a montanha mais elevada, será exaltado sobre as colinas e a ele fluirão muitos povos. Para ali virão muitas nações, que proclamarão: 'Vinde e subamos ao monte de [ADONAI*] e à Casa do Deus de Jacob! Ele nos ensinará Seus caminhos e nós trilharemos Suas veredas!' Porque de Tsión virá a Torá, e de Jerusalém, a palavra de [ADONAI*]! Ele julgará sobre muitos povos e decidirá as questões de nações poderosas dos rincões mais distantes. E fundirão suas espadas e as converterão em arados, e suas lanças, em foices; nenhuma nação levantará uma espada contra outra nação, e não aprenderão mais a arte da guerra. Em vez disso, cada homem se sentará sob a sombra de sua videira e debaixo de sua figueira, e ninguém os assustará, porque assim determinou a boca de [ADONAI*] dos Exércitos.”
Michá (Miquéias) 5:1, 3, 4; 4:1 ao 4

Bíblia Hebraica por David Gorodovits e Jairo Fridlin, Editora & Livraria Sêfer.

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).