É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.
OS JUDEUS SÃO OS QUE SABEM QUEM É JUDEU E QUEM NÃO O É.
É O JUDEU (e não o não-judeu) QUEM DEFINE O QUE É JUDEU E QUEM É JUDEU.

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1216626/jewish/Quem-Judeu.htm


______________________________________________________________________________


[Blog (todo) revisado em 17/10/13.]

"[Em breve,] toda a Terra estará repleta do conhecimento de HASHEM, assim como as águas cobrem o mar."
- Ieshaiáhu (Livro Judaico do Profeta Judeu Isaías) 11:9

A vida é um aprendizado para todos, sem exceção, sempre, e para sempre. E se aprende ou pelo amor ou pela dor.
- O Blog

"O judaísmo identifica-se como um ato de D-us na história da humanidade."
- Herman Wouk

"Os 10 Mandamentos foram uma revelação única na história da humanidade. [Ela foi] ouvida por todo o povo judeu (aproximadamente 3 milhões de pessoas) aos pés do Monte Sinai ... . Israel é o povo que revela a vontade de D-us. Tem por tarefa e objetivo ser o coração da humanidade, uma fonte de vida espiritual para os outros povos."
- Raphael Shammaho

"Feliz é a nação cujo D-us é HASHEM, o povo que 'ELE' escolheu para Sua propriedade. Pois D-us escolheu Yaacov para SI, Israel como Seu tesouro. Feliz é o povo cujo D-us é HASHEM."
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 33:12; 135:4; 144:15

"Envia Tua luz e Tua verdade, que elas me conduzam; elas me trarão ao monte do Teu Santuário [o Judaísmo] e às Tuas moradas [os judeus]. Então ... eu Te louvarei ..., ó D-us, meu D-us!"
- Tehilim (Livro Judaico dos Salmos) 43:3, 4

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Ieshaiáhu (Isaías) 9:5 e 6

O “antigo testamento” (com a sua interpretação pagã de termos e conceitos judaicos) contradiz a bíblia judaica ou Tanach em diversas partes. Uma delas, por exemplo, está no livro do profeta Ieshaiáhu (Isaías), no capítulo 9, versículos 5 e 6. Abaixo, dois exemplos de traduções judaicas (obviamente, não pertencentes ao jesusismo):

"Porque a nós, nos é nascido um menino*, e a nós nos é dado um filho; o governo estará sobre os seus ombros, e Deus, que é Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Eterno Pai, o chamará 'Príncipe da Paz'; pois aumentar-se-á o governo e a paz sem fim sobre o trono de David e sobre o seu reino, para o estabelecer e para o firmar com juízo e com justiça desde agora e para sempre. O zelo de [ADONAI˚] dos Exércitos cumprirá isto."
Torá, A Lei de Moisés/ Meir Matzliah Melamed/ Editora e Livraria Sêfer/ 2001/ página 217.

"Pois nasceu entre nós uma criança*, um filho nos foi dado. E sobre seus ombros estará a autoridade; por isso o maravilhoso Conselheiro, o Deus Todo-Poderoso e Pai eterno, alcunhou-o de Sar-Shalom ('Príncipe da Paz'), para consolidar seu governo e para que sobre o trono de David e seu reinado não cesse jamais de haver paz, que será estabelecida e mantida através de justiça e retidão, desde agora e para todo o sempre. O zelo de [ADONAI˚] dos Exércitos há de tornar isto realidade."
Bíblia Hebraica/ David Gorodovits e Jairo Fridlin/ Editora e Livraria Sêfer.

*Alguns entendem que essa profecia se cumpriu nos próprios dias do profeta, na pessoa do rei Chizkiáhu (Ezequias), filho de Achaz. Outros entendem que se trata de uma profecia messiânica, obviamente, a se cumprir [pois que Jesus não estabeleceu nenhum reino davídico, eterno, em Jerusalém].

* Ocorrências do "NOME" (na verdade, da REFERÊNCIA ou ALUSÃO) DO AQUILO INFINITO. ESTE "NOME" é cognominado de “Tetragrama”, “que tem quatro letras”. Estas letras são Y, H, V, H. ESTE "NOME" ocorre 6.823 vezes no hebraico da bíblia Judaica ou Tanach. É necessário saber que não devemos dizer ESTE "NOME", pronunciando-o como escrito. ESTE "NOME" tem de ser pronunciado (na leitura bíblica e de rezas) como ADONAI (= MEU MESTRE). Quando nos referimos ao AQUILO INFINITO pelo Seu "NOME" (REFERÊNCIA/ALUSÃO) Particular (fora da leitura bíblica e de rezas), O chamamos HASHEM (= O NOME).